Em sua primeira participação na fase internacional da Copa Sul-Americana, o Coritiba recebe hoje às 21h, no Couto Pereira, o Itagüí da Colômbia. A partida é encarada como de extrema importância por todos no clube. Afinal de contas, a competição garante ao campeão vaga na Libertadores do ano que vem. Por isso, para abrir vantagem no jogo de ida das oitavas de final do mata-mata continental, a principal arma do Coxa será a experiência. Principalmente a do meio-campo Alex, que está confirmado na equipe. ‘É um jogo eliminatório. Então a gente vai com força total para conseguir obter uma vantagem para a segunda partida’, garante o capitão alviverde.

Patinando no Campeonato Brasileiro, o Coritiba tem seu foco, ao menos por hoje, totalmente voltado à Copa Sul-Americana. O assunto má fase no Nacional, aliás, passou longe do CT da Graciosa ontem. Sequer foi abordado na rotineira resenha entre elenco e comissão técnica. Blindado, a intenção do grupo alviverde na partida de logo mais é tentar consolidar o resultado do confronto já na partida de ida.

Deixando o clima de mistério de lado, o técnico Marquinhos Santos definiu a escalação titular ontem mesmo. Sem contar com o zagueiro Luccas Claro, que sofreu lesão muscular na partida contra o Fluminense, no sábado passado, Bonfim ganha nova chance ao lado de Chico. Com somente um volante, Gil fará a contenção, buscando priorizar a qualidade de passe, bem como a posse de bola.

Por isso, o treinador armou a meia-cancha com Robinho, Lincoln e Alex, flutuando como um falso terceiro atacante. Mais à frente Vitor Júnior e Jânio completam o time. ‘A equipe é essa. O Lincoln e o Alex já jogaram juntos e tiveram um aproveitamento muito bom. São jogadores talentosos, que tem uma boa posse de bola, boa finalização, e é isso que nós precisamos nesse jogo. Trabalhamos bem e estamos preparados pra esse confronto internacional’, disse Marquinhos Santos.

Diferenciado, Alex ensina como atuar no torneio. “Tem que ocupar bem os espaços, marcar bem, e usar a qualidade técnica para desenvolver um bom jogo’, disse.