Após um jogo tenso contra o Sport pelo Brasileirão, em que a vitória veio apenas no apagar das luzes, o Coritiba dedicou o resultado deste domingo (30) ao preparador físico do clube, Vitor Hugo Padilha, que recentemente venceu a Covid-19 depois de dias internado.

TABELA: confira a classificação e próximos jogos do Brasileirão

“Como dizia nosso ídolo Krüger, não quero ser festejado, quero festejar. Independentemente de quem cobrou [o pênalti], vale a vitória. Quero aproveitar a oportunidade e agradecer o nosso preparador físico [Padilha], que passou uma situação grave pela Covid-19. É um guerreiro para nós”, disse Sabino, autor do gol pênalti aos 49 do segundo tempo que salvou o Alviverde em casa.

A recuperação do preparador foi comemorada também pelo técnico Jorginho, que fez sua reestreia no comando do Coritiba na partida deste domingo. “Eu fiquei tão feliz de ver o Paulista [apelido de Padilha] no campo, comigo no banco, aquecendo os jogadores, porque todos nós sofremos com ele. Foram seis dias na UTI, sete dias no respirador, intubado. Saber que esse cara lutou pela vida dele, necessitando ficar a maior parte do tempo de bruços, para facilitar o tratamento, é minha alegria. Essa foi a minha vida, de superação, de não se entregar e hoje o Paulista representa exatamente isso”, disse após a partida.

A vitória tirou o Coxa da zona de rebaixamento. O clube se prepara agora para encarar o Botafogo, na próxima quarta-feira (2), no Rio de Janeiro.

+ Mais notícias do Coritiba