A torcida pode querer até entoar um outro “chupa, Felipão!”, mas para os jogadores do Coritiba meio a zero diante do Palmeiras hoje vai estar mais do que bom.

Inspirado na goleada aplicada no mesmo Porco, o Coxa quer voltar a jogar bem dentro de casa e ganhar para apagar a derrota sofrida para o São Paulo, mas sabe que o adversário quer a “revanche” e precisa tomar todo o cuidado.

Por isso, a cautela é total no Alto da Glória. No time, o zagueiro Jéci e o lateral-direito Maranhão serão as novidades na partida que começa às 21h50 no Couto Pereira.

“Aquele jogo serve de inspiração para todos os jogos que a gente tem no campeonato, porque foi onde a gente anulou o Palmeiras, conseguiu jogar e não deixou eles jogarem. O resultado não era esperado, mas o grupo provou que é bom e contra qualquer equipe no Couto”, avalia Maranhão.

No entanto, qualquer vitória agora será bem-vinda. “Temos que deixar aquele resultado de lado porque temos um jogo difícil e temos que procurar vencer se for de 1 x 0, 2 x 0 e até meio a zero está bom”, projeta o lateral.

O mesmo pensamento tem o atacante Bill. “Naquela partida fomos muito felizes, agora é outro campeonato e esperamos fazer outro resultado positivo”, resume o avante.

Já para o técnico Marcelo Oliveira, o que mais importa é o Coritiba manter a mesma postura que vem tendo em casa. “O Coritiba vai tentar impor a mesma condição que sempre impõe dentro de casa, com o apoio da torcida e tomando os cuidados devido ao time que o Palmeiras tem, principalmente suas individualidades nas bolas paradas”, aponta o treinador.

Segundo o comandante do Coxa, o Palmeiras não irá repetir a atuação do confronto na Copa do Brasil. “Eu tenho visto o time do Palmeiras e é um time muito consistente na marcação, tem um setor ofensivo que também participa dessa marcação e tem individualidades que podem decidir o jogo, especialmente as bolas paradas do Marcos Assunção e do comando forte do Felipão”, elogia Marcelo.

Mas, mesmo assim, uma pontinha de revanche é esperada pelos jogadores. “A equipe do Palmeiras vem com isso na cabeça. Mas nós vamos com tudo também. Jogando em casa, com o apoio da torcida a gente vai fazer de tudo para conseguir os três pontos”, finaliza Maranhão.