Entre a alegria pela festa da conquista da Série B e o desfecho de um grupo vencedor, o Coritiba se despede hoje dos torcedores e do futebol em 2010. Com o acesso e o título garantido, o elenco passou a semana mais descontraída do ano, sem treinamentos puxados e pressão por resultados.

A rotina ficou agradável após a desgastante temporada, mas quando o time entrar em campo para enfrentar o Guaratinguetá, às 17h, no Couto Pereira, a promessa é de muita seriedade.

Tudo o que o Coxa não quer é ver a faixa carimbada em casa, perante a galera. “A gente sabia da pressão que era voltar para a Série A. Tivemos muita responsabilidade para recolocar o Coritiba na Primeira Divisão e nesta última semana só fizemos treinos divertidos, por termos conseguido o objetivo”, destaca o meia Enrico.

Por isso, houve mais dias de folga, rachão e até pipa entre as atividades. “Esta foi uma semana de festa, comemoramos bastante a conquista que a gente sempre sonhava no começo do campeonato. Está todo mundo feliz, mas no jogo, se a gente não demonstrar um bom futebol, a cobrança vai existir da mesma maneira”, aponta o lateral-direito Ângelo.

Por isso, após a entrega do troféu e das faixas, todos querem entrar com seriedade diante do Guaratinguetá. “É um jogo que vale três pontos. Estamos defendendo a camisa do Coritiba e o estádio vai estar cheio. A responsabilidade no jogo é mesma e vamos nos empenhar”, avisa Enrico.

O volante Léo Gago concorda. “A semana foi boa, com o dever cumprido pelo acesso, foi uma semana maravilhosa, mas amanhã (hoje), dentro de casa, a gente não pode nem pensar em perder”, garante.

Todos querem sair do Couto com a vitória, para marcar a conquista, por que vários jogadores não voltam como atletas do Coritiba em 2011. Esse será o momento mais triste vivido por alguns.

“A gente sabe que dos trinta e poucos que estão aqui muitos vão embora. Mas essa é a nossa vida, é o nosso trabalho. Temos que fazer um bom jogo para deixar uma boa impressão”, completa Gago.

No time em si, nem o técnico Ney Franco compareceu ontem ao Alto da Glória para comandar a prática. Mas pelas diretrizes que deixou para os auxiliares, o próprio Gago, que estava machucado, e Pereira e Enrico, suspensos, retornam ao time.

***

Série B – 3.ª rodada

Coritiba

Edson Bastos; Cleiton, Pereira e Jéci; Ângelo, Leandro Donizete, Léo Gago, Rafinha e Enrico; Marcos Aurélio e Leonardo
Técnico: Ney Franco

Guaratinguetá
Saulo; Jorge Luiz, Gustavo Bastos, Régis e Renato Peixe; Galiardo, Célio, Léo Silva e Marcinho; Vagner Carioca e Crivellaro
Técnico: Edinho Nazareth

Local: Couto Pereira, em Curitiba
Hora: 17h
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Assistentes: José Jaime Rocha Bispo (AL) e Wladson M. Silva de Oliveira (AL)
TV: PFC
Ingressos: arquibancada, R$ 50,00; cadeira da Mauá, R$ 70,00, e social superior, R$ 120,00.

Confrontos

1 jogo
nenhuma vitória do Coritiba
nenhum empate
uma vitória do Guaratinguetá
nenhum gol do Coritiba
1 gol do Guaratinguetá

Na única vez em que se enfrentaram, o Coritiba não suportou o calor do interior paulista, além do desgaste da maratona de jogos, e sucumbiu pelo placar magro. Foi a primeira vez que as equipes se encontraram. Agora será a segunda e última, já que a Garça vai virar Águia e rumar para Americana, também no interior paulista.

***

Atração

Quem for mais cedo ao Couto Pereira poderá acompanhar a apresentação da Soulution Orchestra, que começa às 15h, direto do gramado. Também haverá palco para a distribuição das faixas, medalhas e do troféu da competição, que será entregue pelo diretor de competições da CBF, Virgilio Elísio da Costa Neto.

Ausência

A torcida Império Alviverde não levará instrumentos musicais ao estádio na partida de hoje. A entidade pediu autorização para usar material novo, que está com logotipo, mas não foi atendida pela diretoria. De acordo com Luís Fernando Corrêa, o Papagaio, a uniformizada vinha utilizando a bateria reserva, que é usada somente para ensaios e está “velha”.

Empréstimo

Depois de ceder o atacante Roger, o Coritiba também liberou o goleiro Wanderson para disputar o Paulistão pelo Botafogo-SP. O Botinha ainda tem interesse no zagueiro Dirceu e outros jogadores pouco aproveitados no Alto da Glória.