Ao término da partida em Salvador, os jogadores do Coritiba admitiram que desperdiçaram a chance de voltar para casa com uma vitória. Na saída do campo, o discurso foi unânime: o desperdício de gols foi grande. “Tivemos inúmeras oportunidades, mas não conseguimos concluir em gol”, disse o lateral-esquerdo Eltinho.

Um dos mais incomodados com a situação foi o atacante Éverton Costa, que ganhou a vaga entre os titulares, mas perdeu uma chance incrível. “Eu perdi um, o Roberto outro e não pode ser assim. Gol fora de casa é importante e pode fazer falta. Se sofrermos um gol em casa, temos que fazer dois”, lamentou.

O próprio técnico Marcelo Oliveira ressaltou que o resultado poderia ter sido diferente, caso os atacantes tivessem caprichado na finalização. “Creio eu que tivemos no segundo tempo as três melhores chances do jogo, mas faltou um capricho, uma felicidade na finalização, que nos daria uma condição melhor”, avaliou o treinador.

Marcelo Oliveira, no entanto, preferiu preferiu não lamentar o 0 x 0. “Não dá pra ficar lamentando a cada jogo. É lógico que os jogadores estão preparados, mas foram situações bem claras que poderiam ter nos dado uma condição melhor. Agora é focar no próximo jogo da quarta-feira”, completou.