O Coritiba recebeu a equipe do Vila Nova na noite desta terça-feira, no Couto Pereira, em Curitiba, fez um grande jogo e goleou por 5 a 1. Com mais esta vitória, o Verdão segue na liderança isolada da Série B, com 59 pontos e segundo as contas da diretoria faltam apenas duas vitórias para matematicamente garantir o acesso para Série A. Próximo desafio do Alviverde será o clássico contra o Paraná Clube, sábado, 16h, novamente no Couto.

O primeiro tempo foi bastante movimentado. Como não poderia ser diferente, o Coxa foi pra cima, mas o Vila Nova também procurou atacar e não se limitou apenas a se defender. Logo aos 7 minutos, o Coritiba abriu o placar. Após cruzamento na área, a bola sobrou com Léo Gago, que bateu forte, sem chances de defesa para o goleiro. Na sequência, Éberson mandou uma bomba no canto alto e Edson Bastos fez espetacular defesa.

Aos 11 quase mais um do Verdão. Enrico carregou com liberdade e mandou uma pancada na trave. Aos 22, o árbitro entendeu que Cleiton segurou Bruno Lopes dentro da área e marcou o pênalti. Bruno Lopes bateu forte, no meio do gol, e não deu chances para Edson Bastos. O Coxa não deixou o time goiano gostar do jogo porque aos 33 marcou novamente. Após tentativa de Marcos Aurélio, a bola sobrou com Triguinho, que bateu no canto para ampliar.

Os times voltaram modificados para o segundo tempo. No Coxa saiu Cleiton, que tinha amarelo, e entrou Lucas Mendes. No Vila entrou Max Pardalzinho para saída de Assumpção. Logo a um minuto, o Coritiba chegou a marcação do terceiro gol. Lucas Mendes fez boa jogada pela esquerda e tocou para Fabinho Capixaba empurrar para o gol vazio.

Na sequência, Fabinho Capixaba foi derrubado dentro da área e o árbitro não teve dúvidas: pênalti. Tcheco foi para cobrança, mas bateu fraco e facilitou a defesa de Max. Se já estava complicado com 11 em campo imagine com 10. Aos 17, Cris deu um carrinho criminoso em Marcos Aurélio e recebeu cartão vermelho. Dois minutos depois, Marcos Aurélio cruzou e Pereira testou forte para marcar mais um para o Coxa: 4 a 1. Cabia mais e aos 29, Leonardo fez grande jogada individual e bateu colocado para fazer um belo gol. Final: Coritiba 5, Vila Nova 1.