enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Nas cabeças

Coritiba derrota o Figueirense e volta ao G4 da Série B

Coxa cresceu no segundo tempo, fez 2×0 no Couto e agora ocupa a vice-liderança da segunda divisão

  • Por Ricardo Brejinski

Foi no sufoco, mas o Coritiba está de volta ao G4 da Série B. Com uma vitória por 2×0, o Coxa bateu o Figueirense no Couto Pereira lotado, neste sábado (10), graças a seu artilheiro. Mais uma vez, Rodrigão foi peça decisiva para o time, que contou com os retornos de Rafinha e Patrick Brey neste confronto.

Com o resultado, o Alviverde pulou para a vice-liderança da competição, com 26 pontos, dois a menos que o líder Bragantino. Na próxima rodada, o Verdão pega o Brasil de Pelotas, novamente no Couto Pereira, na terça-feira (13), às 21h30.

+ Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

Sem Rafinha, que começou o jogo no banco de reservas, o técnico Umberto Louzer optou por Welissol como titular no ataque do Coritiba. E o garoto foi quem criou a primeira chance de gol da partida. Aos dois minutos, após sobra de escanteio, o jogador ficou com a bola, mas chutou para fora. Foi a única emoção da primeira etapa.

Com um futebol apático e sem velocidade, os dois times tinham dificuldades para chegar à área do adversário, optando por finalizações de longe, mas que pouco levavam perigo.

O que chamou a atenção nos 45 minutos iniciais foi o curioso fato de que o técnico Vinícius Eutrópio precisou trocar duas vezes o lateral-esquerdo do Figueirense. Titular, Matheus Destro sentiu dores nas costas e foi substituído logo com sete minutos por Brunetti, que também teve que deixar o gramado mais cedo, apenas 20 minutos depois que entrou em campo, por causa de uma torção no joelho.

Matheus Vidotto faz a defesa após cobrança de escanteio. Foto: Albari Rosa

Matheus Vidotto faz a defesa após cobrança de escanteio. Foto: Albari Rosa

De resto, Coritiba e Figueira não refletiam o barulho vindo das arquibancadas. Situação que mudou no segundo tempo. Com Rafinha entrando no intervalo no lugar de Welissol, o Coxa ganhou em velocidade e ofensividade. Parecia que era um outro jogo.

Com sete minutos, o Alviverde tinha criado duas oportunidades. Primeiro com Juan Alano, que bateu cruzado, mas a bola foi pra fora. Depois, Giovanni arriscou chute de fora da área e obrigou Matheus Vidotto a fazer boa defesa. A resposta do Figueirense veio nos lances seguintes, em chutes de Rafael Marques, que passou perto da trave, e de Willian Popp, que bateu rasteiro mas parou nas mãos de Alex Muralha.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Só que o Coritiba estava se impondo em campo. As jogadas de ataque, principalmente pelos lados do campo, estavam funcionando. Mas quem tinha a chance de finalizar, acabava desperdiçando, como Rodrigão e William Matheus. Até que, enfim, saiu o gol do Verdão.

Aos 21, no segundo escanteio seguido, Thiago Lopes levantou a bola na área e Rodrigão subiu sozinho para cabecear. O artilheiro coxa-branca pegou mal na bola e ela ia pra fora, só que acabou batendo no lateral-direito Kauê e parou no fundo das redes.

Mas pouco tempo depois, o artilheiro coxa-branca precisou deixar o campo, por causa de fortes dores nas costas. Sem seu homem de referência lá na frente, o Coritiba perdeu um pouco de força. Mas nos minutos finais decretou o triunfo. Aos 44, Patrick Brey aproveitou erro da zaga do Figueirense, roubou a bola e tocou para Igor Jesus bater no canto do goleiro e definir o placar em 2×0.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B
1º Turno – 15ª Rodada

Coritiba 2×0 Figueirense

Coritiba
Alex Muralha; Diogo Mateus, Rafael Lima, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Giovanni (Patrick Brey) e Thiago Lopes; Juan Alano, Welissol (Rafinha) e Rodrigão (Igor Jesus).
Técnico: Umberto Louzer

Figueirense
Matheus Vidotto; Kauê, Alemão, Ruan Renato e Matheus Destro (Brunetti) (Alemão Teixeira); Zé Antônio, Betinho e Tony; Fellipe Mateus (Andrigo), Willian Popp e Rafael Marques.
Técnico: Vinicius Eutrópio

Local: Estádio Couto Pereira
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Leone Carvalho Rocha (GO) e Edson Antonio de Sousa (GO)
Gols: Rodrigão, 21, Igor Jesus, 44 do 2º
Cartões amarelos: Rafinha (COR); Tony, Willian Popp (FIG)
Público pagante: 36.596
Público total: 37.723
Renda: R$ 424.609,00

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, nossos blogs exclusivos e os Caçadores de NotíciasVem com a gente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

49 Comentários em "Coritiba derrota o Figueirense e volta ao G4 da Série B"


jorge santos
jorge santos
10 dias 19 horas atrás

Se quiser sonhar com a Série A o ano que vem tem duas opções: tirar este presidente que está falindo o clube e a segunda é arrumar um meio de campo.O coxa é o único time da Série B que joga sem meio de campo

Cid Pest
Cid Pest
10 dias 21 horas atrás

Compre um de alfafa Roji e se empanturre.

Roji Roji
Roji Roji
10 dias 21 horas atrás

Está passando o carro dos sonhos…kkkkkkkk
COCÔRITIBA SÉRIE C 2020…EU ACREDITOOOOOOO!!!

Cid Pest
Cid Pest
10 dias 21 horas atrás

Aproveita e compre um de Mer da pra você se deliciar.

Marcelo  De Souza
Marcelo De Souza
10 dias 22 horas atrás

Oh verdao voltou uhuuu o verdao voltou …serie na lata ano q vem A …ah poodles ..Grêmio enrraba vocês já já na copa do Brasil

Officer CWB
Officer CWB
10 dias 22 horas atrás

É.., para os torcedores do Cincão Futebol Clube, resta apenas ligar o secador e tentar gozar com o pau dos outros…, já que série B (segundona) deve ser a realidade deles por um boooommm tempo…

Fura Cão
Fura Cão
10 dias 23 horas atrás

Entre essa Vitória e a série A tem um fosso.

1 2 3 5
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas