A base para a estreia no Campeonato Paranaense já está pronta e aprovada pelo técnico Marcelo Oliveira, mas o jogo-treino de hoje deverá confirmar o Coritiba versão 2011.

Diante da equipe sub-17 do ABC estarão presentes alguns dos reforços contratados para esta temporada, como Emerson, Jonas e Eltinho. O confronto começa às 20h no estádio da equipe local.“Esse é o único jogo-treino que faremos e é a oportunidade de montar a equipe e observar o aproveitamento desse time”, destaca o comandante coxa.

De acordo com ele, o aproveitamento do elenco nos trabalhos com bola tem sido satisfatório. “O primeiro treino foi muito bom, acho que houve um equilíbrio muito grande entre defesa e ataque. Nós tivemos três a quatro jogadores atrás para um possível contra-ataque e mantivemos aquela tradição do ano passado, de um time ofensivo”, analisa Marcelo.

Na visão dele, o ataque já está dando resultado. “O time chega com Leonardo, com Rafinha, Marcos Aurélio e, agregando, ainda o Jonas pela direita e o Eltinho pela esquerda e um dos volantes, que normalmente vão se revezar”, aponta.

Assim, se não houver nenhum contratempo até domingo, quem começar a partida hoje também inicia na estreia no Estadual contra o Operário. “Se não houver nenhum tipo de problema, possivelmente esse será o time da estreia. Ainda penso em observar, mas pelo que vi é um time forte e capaz de manter a regularidade e buscar a vitória”, confirma o técnico do Coritiba.

A escalação de hoje terá Edson Bastos; Jéci, Emerson e Pereira; Jonas, Leandro Donizete, Léo Gago, Rafinha e Eltinho; Marcos Aurélio e Leonardo. O adversário, no entanto, não tem nem uma formação definida ainda. Sem estrutura profissional na cidade, por que o Foz está de férias e só volta em maio para a Divisão de Acesso, o ABC mantém apenas equipes amadoras e reuniu um time sub-17 para representar a cidade nessa partida que deveria ser festiva.

O problema é que não haverá venda de ingressos, a não ser que o clube local reverta a interdição imposta pela Federação Paranaense de Futebol, que não recebeu os laudos do CREA e da Vigilância Sanitária até ontem à noite. Sem isso, o treinamento será de portões fechados e sem caráter oficial.

Na CBF

O Coritiba tem até sexta-feira para regularizar os contratos dos reforços contratados para esta temporada. O jurídico do clube está na CBF, no Rio, e a situação mais complicada é a de Rafinha.