Invicto na temporada, e sustentando nove vitórias seguidas, o Coritiba encara o Paranavaí às 21h50 de hoje, no Waldemiro Wagner, para seguir na luta pelo título antecipado do Campeonato Paranaense.

Mesmo já garantido antecipadamente na final, por ter vencido o 1.º turno, o Alviverde mantém o discurso da humildade e do trabalho para o time continuar na ponta da tabela.

“O Paranavaí já nos deu muito trabalho no primeiro turno. Se mostrou bem na marcação e disposto em campo. Em casa, vai ser muito mais difícil ainda e estamos prevenidos para isso”, adverte o técnico Marcelo Oliveira.

Para ele, seguir somando números positivos na campanha é bom, mas melhor ainda é levantar o troféu. “A invencibilidade, se acontecer, será muito bom. Mas estamos focados para sermos campeões e esse segundo turno vai ser difícil para todo mundo. Todos sabem que precisam buscar uma vaga na final e nós queremos eliminar essa possibilidade”, aponta o treinador.

Para tanto, o atacante Marcos Aurélio dá a receita. “Cada jogo procuramos melhorar o potencial da equipe. Fizemos uma boa partida em casa e agora temos que ir para Paranavaí concentrado, focado para conseguir o resultado”, garante.

Ele também segue a linha de Marcelo e quer o título antecipado. “Nossa meta é ganhar o segundo turno para definir o campeonato. O pensamento é fazer o melhor a cada jogo”, promete.

Mas ele também reconhece que não será fácil. “A gente sabe que é um novo campeonato, que não conquistamos nada. O primeiro turno foi invicto, mas agora temos que provar a cada jogo”, analisa.

No time, a única alteração será a entrada de Willian, que cumpriu suspensão, no lugar de Marcos Paulo. Ele ganha a oportunidade porque Leandro Donizete continua no departamento médico.

“A única alteração é a entrada do Willian, que vinha substituindo normalmente o Donizete. Ele é de mais marcação. Vamos enfrentar uma equipe que tem um contra-ataque rápido”, justifica o treinador.