O Coritiba está de volta à zona de rebaixamento do Brasileirão. Após um primeiro tempo muito ruim, o Coxa conseguiu competir com o Atlético-MG na etapa final da partida deste domingo (6), no Couto Pereira. Não foi o suficiente, contudo, para impedir a derrota por 1 a 0 e evitar o retorno ao grupo dos quatro últimos colocados.

Eduardo Sasha, aos 32 minutos do primeiro tempo, marcou o único gol do duelo no Alto da Glória. Com o resultado, o Coritiba agora é o 17º colocado, com sete pontos. A diferença para o rival Athletico é no saldo de gols (-3 contra -4).

A derrota em casa encerrou a invencibilidade de três jogos após a demissão do técnico Eduardo Barroca. O Alviverde havia vencido duas vezes (Red Bull Bragantino e Sport) e empatado uma (Botafogo) desde a troca.

Tabela do Brasileirão 2020: veja a classificação e todos os jogos

Os comandados de Jorginho voltam a campo nesta quarta-feira (9), às 18h, contra o Goiás, fora de casa.

O jogo

O Galo não deu chance para o Coritiba nos primeiros 45 minutos. O time do técnico Jorge Sampaoli sufocou os donos da casa no campo de defesa. Cada bola perdida pelos mineiros logo era recuperada.

Nesse ritmo, o Alviverde não conseguiu produzir nada ofensivamente no primeiro tempo. Só observou, para irritação do técnico Jorginho à beira do gramado. Com mais de 70% de posse de bola, o Atlético criou e chegou com perigo pelo menos três vezes.

Aos 18’, Keno mandou de cabeça por cima da meta de Wilson. Quatro minutos depois, Guga acertou um chutaço no travessão. A bola quicou em cima da linha e por pouco não entrou. Mas aos 32 minutos não teve jeito. Após escanteio, Igor Rabello escorou, a bola bateu na trave e Eduardo Sasha aproveitou o rebote para abrir o placar.

Brasileirão 2020: Coritiba x Atlético-MG – as informações do jogo no tempo real

Jorginho mexeu no Coritiba no intervalo. E foi com Igor Jesus, que entrou no lugar de Galdezani, a veio primeira chance da partida. De cabeça, após cruzamento da direita, ele mandou muito perto.

O Galo seguiu dominando e criando chances, principalmente com finalizações de longe. Mas o Coxa melhorou e começou a encontrar espaços para jogar. Aos 10’, Igor Jesus exigiu grande defesa de Rafael. No rebote, Sassá chutou em cima da marcação atleticana.

Ao poucos, ficava claro que o time da casa era outro. Teve chances com Hugo Moura e Robson e, principalmente, competiu. Mas a morosidade do primeiro tempo cobrou caro e decretou a quinta derrota no retorno à Série A.

Ficha técnica

Brasileirão 2020
8ª rodada
06/09/2020
Coritiba 0 x 1 Atlético-MG

Coritiba: Wilson; Jonathan (Natanael), Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Matheus Galdezani (Igor Jesus), Matheus Sales, Matheus Bueno (Giovanni) e Giovanni Augusto (Hugo Moura); Robson e Sassá. Técnico: Jorginho.

Atlético-MG: Rafael; Guga, Igor Rabello e Júnior Alonso; Allan, Jair, Hyoran (Arana) e Alan Franco (Bueno); Keno (Marquinhos), Savarino e Sasha (Marrony). Técnico: Jorge Sampaoli.

Local: Couto Pereira.
Gols: Eduardo Sasha, aos 32/1º (CAM).
Cartões Amarelos: Jair, Júnior Alonso e Savarino (CAM) e Robson (CFC).
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA).
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA).


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?