O técnico Marcelo Oliveira colocou em campo, ontem, o primeiro esboço do Coritiba para a temporada 2011. O esquema escolhido foi o 3-5-2. Com isso, ele muda a forma como Ney Franco terminou a temporada passada, atuando num 4-2-3-1, que virava 3-5-2 sempre que Lucas Mendes fechava da lateral-esquerda para a zaga. Desta vez, a cozinha deverá ser fixa com três jogadores.

<Noticias Relacionadas>

Dos novos contratados, Emerson, Jonas e Eltinho já ganham oportunidades nesse início de pré-temporada. No treinamento de ontem, em Terra das Cataratas, Marcelo formou o Alviverde com Edson Bastos; Jéci, Emerson e Pereira; Jonas, Leandro Donizete, Léo Gago, Rafinha e Eltinho; Marcos Aurélio e Leonardo.

Hoje e amanhã o treinador ainda repete o teste antes do jogo-treino de quarta-feira contra a equipe do ABC. “Tem uma base formada, e com bons jogadores. A minha preocupação é encaixar os que estiverem melhores fisicamente para que a equipe possa render o melhor”, destaca o treinador.

Emerson, um dos que chega para ser titular, avalia que um dos setores mais fortes do Coxa é a zaga. “A parte defensiva é muito boa, muito qualificada. Mas eu estou chegando para somar também e vou procurar fazer o meu melhor”, aponta.

Por isso, ele não escolhe a forma de atuar. Seja no 4-4-2, 3-5-2, lado direito, esquerdo ou na sobra. “Para mim, que tenho 27 anos, o que o professor optar, se for com dois zagueiros, com três, onde ele me colocar eu já sou bem experiente e vou me adaptar”, avisa Emerson.

Para tanto, o defensor também garante que a dedicação em Foz do Iguaçu tem sido total. “Para jogador de futebol pré-temporada é o mais importante, para que ele fique durante o ano jogando bem, sem lesão. Vamos procurar fazer esses dez dias serem muito bons”, aponta.

A intenção do Coritiba de contratar Emerson é antiga. “Antes mesmo de terminar o Brasileiro eu já sabia que o Coritiba tinha interesse em contar comigo e eu fiquei feliz. Eles apresentaram uma proposta muito boa e o Coritiba é uma equipe grande, tem uma torcida apaixonada e foi muito bom”, relembra.

Burocracia

Com a reabertura da CBF, o Coritiba espera regularizar as situações do lateral-direito Jonas e do meia Rafinha. O primeiro está se desvencilhando do Internacional e o segundo do São Paulo. Com a documentação entregue, e regularizada na entidade, eles poderão atuar no domingo contra o Operário.