enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Mescla top!

Coritiba aposta em espinha dorsal pra ter sucesso em 2019

Em meio a reformulação, diretoria teve o cuidado de montar uma espinha dorsal experiente

  • Por Luiz Ferraz
Time alviverde tem sido mesclado pelo técnico Argel Fucks. Foto: Albari Rosa.

Se o ditado diz que um bom time começa por um grande goleiro, o técnico Argel Fucks vai além. Para ele, ter a defesa arrumada é a base para iniciar qualquer trabalho. E é isso que o comandante alviverde está fazendo. Em meio a reformulação que o clube está passando, sobretudo por conta da queda da metade do seu orçamento com relação a 2018, a diretoria teve o cuidado para montar uma espinha dorsal experiente e que fosse capaz de dar a sustentação necessária para os jogadores mais jovens. Por isso, o goleiro Wilson, o zagueiro Alan Costa, o volante João Vitor, o meia Giovanni e o atacante Rodrigão serão fundamentais para o Coritiba neste começo de trabalho do Verdão.

Diante disso, o Coritiba, neste começo de disputa de Campeonato Paranaense, apesar dos tropeços em casa contra Maringá e Toledo, teve o setor defensivo destacado. Não apenas pelos dois gols sofridos em quatro partidas, mas por conseguir dar segurança ao time e por passar poucos sustos neste começo de trabalho.

+ Leia mais: Presidente do Coritiba solta o verbo contra Petraglia

“Quando se fala em setor defensivo, parece que somos um time retrancado, ainda pelo treinador ser um ex-zagueiro, mas não é isso. Sempre acho que um time quando é formado começa pela cozinha. Uma casa começa pela base e não pelo telhado e aí você vai subindo. Foi isso que a gente fez”, ressaltou o treinador.

Diante disso, Argel Fucks destacou a importância de ter uma espinha dorsal experiente e que traga mais tranquilidade e sustentação para os jogadores mais jovens. “Quando você pensa na montagem, pensa em uma espinha dorsal atletas experientes para dar sustentação aos garotos. Precisamos disso e foi montado atrás para ter uma defesa segura, mas em momento algum abdicamos do ataque”, lembrou.

A vitória por 2×1 no clássico contra o Athletico, na Arena da Baixada, comprovou bem isso. O Coritiba, mesmo jogando fora de casa, conseguiu ter uma atuação segura defensivamente e bem organizado para atacar, pelo menos até quando esteve com 11 jogadores em campo, antes de o volante João Vitor ter sido expulso.

“Tem uma máxima no futebol que a melhor defesa é o ataque. Se você vier jogar aqui com o Athletico, na Arena e eu já vim várias vezes com outros clubes e não atacar o Athletico, não pressionar em cima e deixar jogar, você não toca na bola, você entra na rodada. É um time que se adapta bem ao gramado e o jogo fica rápido. Você precisa procurar equilibrar, primeiro arrumar a parte defensiva, depois o meio e de alguma forma evoluímos já na parte ofensiva”, detalhou Fucks.

+ Confira os jogos e a classificação do Campeonato Paranaense

Com a classificação encaminhada faltando apenas duas rodadas para o final do primeiro turno do Estadual, o Coritiba, segundo o técnico Argel Fucks, tem muito a evoluir ainda. Até agora, foram apenas quatro partidas, mas que já mostram alguns fatores importantes para a sequência do trabalho do treinador. Entre elas, a facilidade de adaptação das várias formas de atuar que a equipe alviverde já apresentou neste Campeonato Paranaense.

“São quatro jogos ainda e precisamos evoluir ainda, fazer muitos ajustes. Tem jogadores para chegar. Estamos formando um grupo e, quando vem o resultado, isso fortalece o trabalho de todos. Destaque para a disciplina tática e técnica. Não temos um plano A, B ou C, temos os três. Jogamos de uma forma, ou de outro, ou de outra. O trabalho da montagem do grupo foi feito em conjunto e vamos evoluindo. Temos um clássico contra o Londrina, sábado, time da nossa divisão, e depois outro contra o Operário, também da Série B. Não tem sossego”, concluiu o treinador coxa-branca.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

5 Comentários em "Coritiba aposta em espinha dorsal pra ter sucesso em 2019"


COXA 1909
COXA 1909
2 meses 24 dias atrás

Só quem tem tradição em revelar bom jogadores sabe o que é isso, haja visto um time de aspirantes que vem jogando junto faz tempo não conseguiu ganhar de um time de serie B, diretoria de mercenários da nisso..

Evaldo Leal de Jesus
Evaldo Leal de Jesus
2 meses 24 dias atrás

Especial Marcos Lopes; O importante é que a resposta foi dada no placar, não importa se foi time a b c d ou ou e. Tão pouco se foi athetico ou atlético. O que vale é o resultado Coritiba 2a1. De resto fica a choradeira e os argumentos falidos.

Dom de azucrinaaa os coxas Chora coritiba
Dom de azucrinaaa os coxas Chora coritiba
2 meses 24 dias atrás

Kkkkkkk vamos ver no FINAL DE ANO RIMOS MUITO

Marcos Lopes
Marcos Lopes
2 meses 24 dias atrás

“aposta em espinha dorsal” ??!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
o cara ganha salário pra issso?! putz grila

João Carlos Kulik
João Carlos Kulik
2 meses 24 dias atrás

Bom jogo, pelo menos não contrataram tantos perna de pau!

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas