Próximo da zona de rebaixamento, com uma diferença de apenas um ponto, o Coritiba está aproveitando a semana cheia de treinamentos para arrumar a casa e tentar largar com vitória no segundo turno do Brasileirão, domingo (14), às 16h, na Arena Independência, em Belo Horizonte, quando encara o Cruzeiro. Com vários desfalques, o técnico Paulo César Carpegiani, mais do que implantar a sua filosofia de trabalho junto ao elenco, está aproveitando este tempo para conhecer melhor o grupo do Verdão.

Na quarta-feira, depois de comandar um trabalho técnico e tático no CT da Graciosa, Carpegiani pôde observar melhor alguns jogadores que não estão atuando muito em um jogo-treino realizado contra o time sub-20 do Coxa. A equipe de base está se preparando para a disputa da semifinal do Campeonato Brasileiro da categoria.

Nesta atividade, o zagueiro Luccas Claro apenas correu em volta do gramado, segue sendo observado e ainda é dúvida para o duelo contra a Raposa. Se o defensor não reunir condições, Juninho pode voltar para a zaga e, assim, o técnico terá que encontrar uma opção para a lateral-esquerda. Benitez e até mesmo Juan seriam as opções.

A principal dúvida está no meio de campo. O volante João Paulo está suspenso e Carpegiani pode improvisar o meia Juan no setor de contenção para atuar ao lado do volante Edinho. Os volantes Ícaro, Amaral e Fábio Braga também são alternativas.

Confirmado mesmo está o ataque do Coritiba. Sem poder contar com o atacante Kléber, artilheiro do Verdão no ano com 20 gols marcados, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Neto Berola ganhará uma vaga na equipe. O camisa 9 jogará mais pelos lados do campo e Kazim jogará mais centralizado na área.

O Coxa deve entrar em campo com: Wilson, Dodô, Luccas Claro (Juninho), Nery Bareiro; Juninho (César Benítez ou Juan), Edinho, Juan (Amaral) e Raphael Veiga; Iago, Kazim e Neto Berola.