O Cene chega para essa decisão no embalo do título sul-matogrossense, conquistado no último domingo. Foi o sexto troféu do Furacão Amarelo. A comemoração foi contida, justamente por conta dessa decisão frente ao Coritiba. Jogadores e dirigentes do Cene acreditam que é possível surpreender mais uma vez e conquistar uma vitória no Couto Pereira. Qualquer empate a partir de três gols também garante o clube na segunda fase da competição.

O técnico Carlos Roberto, mais do que a força máxima, conta ainda com alguns reforços, como os recém-chegados Jackson, Willian, Rodrigo e Vit. O Furacão poderá ter mudanças em relação à final (2×0 sobre o Águia Negra), inclusive com a presença de um dos reforços. Marcelo Tevez deve perder a vaga no ataque para Willian. No último treino antes da viagem para Curitiba, Carlos Roberto fez outra modificação, com o zagueiro Rodrigo sendo testado na zaga. No mais, a equipe deverá ser a mesma que atuou no último domingo.

Quem levar a melhor no confronto desta noite, vai encarar na segunda fase o vencedor de Caldense e Duque de Caxias, que também jogam hoje. No primeiro jogo, em Minas Gerais, a Caldense faturou por 2×0 e hoje pode perder por até um gol de diferença. Caso marque gol, também fica com a vaga mesmo em caso de revés por dois gols de diferença.