O retorno do zagueiro Luccas Claro, após cumprir suspensão, é a única certeza em relação à escalação do Coritiba para o jogo deste domingo, às 16h, no Willie Davids, em Maringá. Diante de seu maior rival, o Verdão tenta acabar com o incômodo jejum de vitórias neste Brasileirão. Após seis rodadas, apenas Coritiba e Chapecoense não venceram. Um quadro que deverá resultar em mudanças no time.

O problema, porém, está no leque restrito de opções. Desde a chegada de Celso Roth, a diretoria trouxe apenas três reforços: o zagueiro Welinton, o lateral Reginaldo e o atacante Jonatha Fumaça. Destes, apenas Welinton estreou, frente ao Inter, mas já deixará o time para a volta do titular Luccas Claro. Reginaldo vem se revezando com Moacir no banco de reservas, mas ainda não teve nenhuma oportunidade, enquanto Fumaça somente na última segunda-feira foi integrado ao grupo principal.

A necessidade de mudança no ataque é notória, mas a comissão técnica precisa contornar algumas “peculiaridades”. Se Zé Love está mal tecnicamente – com o que concorda Celso Roth – ele ainda tem outras questões a administrar. Júlio César, por exemplo, está retornando de uma entorse de joelho, enquanto Keirrison ainda busca provar que está apto a jogar 90 minutos. “Coloquei ele no intervalo, sem saber se iria suportar os 45 minutos”, revelou Roth.

Keirrison, se não foi brilhante, foi decisivo para o empate. Sofreu o pênalti de Dida, convertido por Alex, o que determinou o placar final diante do colorado gaúcho. A boa movimentação, porém, pode não ser suficiente para credenciá-lo a ser titular no Atletiba. Ainda sem contar com Gil e Robinho, Roth segue na busca por uma estratégia equilibrada e confiável para derrotar o Atlético.

No único clássico desta temporada, ainda na primeira fase do Paranaense, o Rubro-Negro fez 3×0, jogando na Vila Capanema. Na oportunidade, as duas equipes atuavam com suas formações “alternativas”. A vitória no confronto deste domingo virou obrigação para o Coxa, que tem como meta imediata impedir que o clube passe toda a Copa do Mundo na zona do rebaixamento.