enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Atlético e Coxa em situações opostas na última rodada

A diferença é que, desta vez, isso não será decidido num Atletiba

  • Por Luiz Ferraz

Atlético e Coritiba vão para a última rodada do Campeonato Brasileiro em situações opostas à experimentada em 2011. Naquele ano, quando rubro-negros e alviverdes se enfrentaram na última volta da competição, na Arena da Baixada, o Furacão lutava contra o rebaixamento e o Coxa dependia apenas de si para garantir vaga na Libertadores. No Brasileirão deste ano, com os papéis invertidos, o time atleticano luta para voltar a disputar a competição continental e o Coritiba para evitar mais um rebaixamento na era dos pontos corridos. A diferença é que, desta vez, isso não será decidido num Atletiba.

Porém, a situação do Coritiba deste ano é um pouco melhor que a do Atlético no Campeonato Brasileiro de 2011. Se vencer o São Paulo, domingo, em Itu-SP, o Coxa garantirá a permanência na elite do futebol brasileiro sem depender de nenhum outro resultado. Há dois anos, o Furacão, mesmo com a vitória por 1 x 0 sobre o rival, não conseguiu evitar a queda para a Segunda Divisão.

O time atleticano chegou na última rodada do Brasileirão de 2011 na antepenúltima colocação, com 38 pontos, dois a menos que o Cruzeiro – primeiro time fora da zona de rebaixamento. Assim, mesmo vencendo o Coritiba, no Joaquim Américo, o Furacão amargou a queda para a Série B porque o time mineiro goleou o Atlético-MG por 6 x 1, na Arena do Jacaré, e impediu que o Rubro-Negro o ultrapassasse na tabela.

Já o Coritiba de 2011 estava em uma situação tão confortável como a que vive o Atlético este ano. Uma vitória no clássico contra o Furacão, fora de casa, garantia ao time coxa-branca a vaga na Libertadores. Neste ano, o Rubro-Negro também chega na última rodada do certame dependendo apenas das suas forças para conseguir vaga na competição continental do ano que vem. Para isso, basta vencer o Vasco, domingo, na Arena Joinville.

O time atleticano pode, inclusive, conseguir a vaga na Libertadores do ano que vem mesmo com um empate diante do Vasco. Se somar um ponto contra o time carioca, o Furacão terá que torcer para que o Goiás, diante do Santos, dentro de casa, não consiga uma goleada para tirar a diferença de cinco gols de saldo que tem em relação ao Rubro-Negro.

Assim, para não ter o mesmo destino do Coritiba em 2011, o Atlético terá que somar pelo menos um ponto diante da equipe cruzmaltina. Um possível revés no compromisso de domingo pode fazer o Atlético terminar a competição nacional na 5.ª posição e, consequentemente, sem a vaga na Libertadores.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

16 Comentários em "Atlético e Coxa em situações opostas na última rodada"


Gadiego Lôpez
Gadiego Lôpez
5 anos 2 meses atrás

Pode até ser que nós terminamos em 5º. Mas se isso aocntecer, voces com certeza serão rebaixados.

Ceifador Rubro-Negro
Ceifador Rubro-Negro
5 anos 2 meses atrás

E no final o CRAQUE MUNDIAL GUERRÓN fez SI LEN CIO para a PAQUITADA, e elas choraram hehe

vinicius agua verde
vinicius agua verde
5 anos 2 meses atrás

Poodles, vão morrer na praia e terminar em quinto…adios libertadores

LCJ Andrade
LCJ Andrade
5 anos 2 meses atrás

Do jeito que está vamos acabar lendo por aqui: “Rebaixamento coroa planejamento de virsão. Classificação a Libertadores complica Atlético”

ROMULO DIAS
ROMULO DIAS
5 anos 2 meses atrás

Adianta montar caravana para depois voltar com mimimiiisss… o time foi incompetente o campeonato inteiro e ainda vão botar a culpa em juiz ou em esquema para beneficiar time do eixo… Acorda e por favor, verme não tem acento…

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas