Clubes marcantes na carreira do meio-campo Alex, Coritiba e Palmeiras se enfrentarão domingo, no Couto Pereira, com a obrigação de vencer para se afastar do risco de rebaixamento à segunda divisão. Desta vez do lado coxa-branca, o camisa 10, além de ajudar o Alviverde a permanecer na elite do futebol brasileiro, vai tentar também a sua primeira vitória em duelos contra o time paulista defendendo as cores do Coritiba.

Quando surgiu no Coxa na década de 1990, Alex enfrentou o Palmeiras em três oportunidades e o time coxa-branca saiu derrotado em todos os duelos. Pelo Brasileirão de 1996, o time paulista, em casa, goleou por 5×0. No ano seguinte, o menino de ouro enfrentou o alviverde paulista em dois confrontos pela Copa do Brasil. No Couto Pereira, foi derrotado por 1×0 e no Palestra Itália a derrota foi por 4×2, mas com um gol anotado por Alex.

Ainda em 1997, as boas atuações de Alex renderam atransferência para o Palmeiras. No mesmo ano, quis o destino que o ídolo coxa-branca enfrentasse seu ex-time. No Couto Pereira, no empate por 1×1, Alex marcou o gol do time paulista.

Ainda pela sua passagem pelo Palmeiras, Alex enfrentou o Coritiba outras duas vezes e as lembranças para o craque não são boas. Pelo Campeonato Brasileiro de 1998 e 1999, o jogador saiu derrotado nas duas oportunidades. Primeiro, em 1998, o time do Alto da Glória venceu por 2×1, mas o craque deixou a sua marca mais uma vez. No ano seguinte, o placar se repetiu.

No duelo decisivo de domingo, outros dois personagens também darão um algo a mais para o confronto de alviverdes. O atacante Keirrison, mesmo sendo pouco aproveitado pelo técnico Marquinhos Santos, já se destacou pelos dois times e deve figurar no banco de reservas do Coritiba.

Nas passagens que teve pelo Coritiba de 2006 a 2008 e de 2012 até agora, o K9 enfrentou o Palmeiras em três oportunidades e o retrospecto não é bom. Foram duas derrotas, somente uma vitória e nenhum gol anotado. O único resultado positivo aconteceu no Campeonato Brasileiro de 2008, quando a equipe coxa-branca, dentro de casa, bateu o Palmeiras por 2×0. No mesmo ano, Keirrison esteve em campo no revés sofrido em São Paulo, pelo segundo turno do torneio. Neste ano, o atacante alviverde estava em campo na derrota sofrida para o time paulista por 1×0, no Pacaembu.

Por outro lado, no único jogo que enfrentou o Coxa, o K9 influenciou diretamente na vitória do Porco sobre o Verdão. No Campeonato Brasileiro de 2009, o centroavante marcou o gol da vitória do time paulista por 2×1.
Atual comandante do Palmeiras, o técnico Dorival Júnior também já esteve defendendo as cores do Coritiba, mas não apenas como treinador. Técnico coxa-branca em 2008, Dorival já entrou em campo pelo Verdão. O ex-volante defendeu as cores do Coxa em 1988. Depois, Júnior atuou por Palmeiras, Grêmio, Juventude e Criciúma.