Paulo Bonamigo está confiante em uma vitória.

Se depender da animação do elenco do Coritiba na chegada da viagem a Foz do Iguaçu, a expectativa para uma vitória no jogo de amanhã (17h) contra a Ponte Preta aumentou bastante.

A viagem só não foi perfeita porque Edu Sales voltou a se lesionar, e é a grande dúvida para a partida. A contusão de Edu aconteceu no coletivo de quarta, o único de que participou. E é um problema preocupante: a lesão é no púbis, e incomoda o atacante, que já fora confirmado como titular por Bonamigo. “Nós vamos ter que avaliar bem o caso dele. Não dá para saber ainda se ele pode ou não jogar”, completa Yousef.

A possível ausência de Edu Sales deixa Bonamigo bastante preocupado. O treinador quer que o atacante faça o esforço possível para estar em campo amanhã. “Quando eu falo em sacrifício, também falo nessa situação. Às vezes, a gente precisa suportar algumas dores e entrar em campo”, avisa. “Veja o Ceará. Ele está com dores musculares, mas sempre deixou claro que vai para o jogo. Eu preciso de todos os jogadores com esse espírito”, pede o técnico.

Caso Edu Sales não jogue, o substituto será Lima, que treinou durante quase todo a parada do campeonato brasileiro. “Ele está entrosado, e a equipe não perde”, diz o técnico. De resto, o time está confirmado, inclusive com Marcel, que se reapresentou ontem e foi festejado pelos companheiros por causa das boas atuações na seleção olímpica. “Espero ter uma vaga no pré-olímpico, mas o mais importante é ajudar o Coritiba nesse momento”, garante.

Bem no ‘espírito’ pedido por Bonamigo. O treinador voltou com o ânimo renovado da passagem pelo Oeste do Estado. “Foi maravilhoso. A estrutura para treinar era ótima, o local em que ficamos era muito bonito, o grupo se uniu mais uma vez. A iniciativa foi excelente”, comenta. Os jogadores também elogiaram o tempo longe de Curitiba. “A gente treinou muito, mas isso é bom. No final das contas, foi muito válida a viagem”, comenta Reginaldo Nascimento. E é essa animação que se espera a partir de amanhã. “Acho que conseguimos o gás necessário para esses últimos quatro jogos do brasileiro”, finaliza Bonamigo.