Após uma semana de folga, o elenco do Coritiba se reapresenta hoje à tarde, no CT da Graciosa. Serão 29 dias de intertemporada até o reinício da Série B. O Cori volta a campo no dia 11 de julho, contra o CRB, em Maceió (AL).

O objetivo é aproveitar o período para colocar o time definitivamente no caminho de volta à primeira divisão.

?O Bonamigo vai poder implantar o estilo de jogo dele. O time vinha alternando jogos bons e ruins. Agora, vamos tentar voltar bem para conseguir uma seqüência de vitórias?, diz o meia Renan.

Após quatro jogos longe até mesmo do banco de reservas, Renan voltou a atuar na derrota de 1 a 0 para o Marília. Agora, ele quer mostrar ao treinador que pode ajudar mais. ?O professor vai ter tempo para olhar todos os jogadores do grupo. Tenho certeza que vai escolher quem estiver melhor?, afirma.

Hoje, o elenco deve ficar sabendo o local dos treinos da intertemporada, já que a diretoria estuda a possibilidade de levar o grupo para fora de Curitiba. Uma opção é uma estância em Cornélio Procópio, onde o Cori fez a pré-temporada, em janeiro. Independente do local, a semana será totalmente dedicada aos treinamentos físicos e avaliação fisiológica.

Reforços

Também é aguardada para a tarde de hoje a apresentação do meia Guilherme, ex-Londrina. Ele acertou na semana passada e aguardava apenas os resultados dos exames médicos.

A expectativa é que a diretoria anuncie novos reforços ainda esta semana. O Cori estaria negociando as contratações do meia Paulo Miranda, do São Caetano, e do lateral Nei Santos, que foi dispensado pelo Sport e pode se desvincular definitivamente do Atlético.

Já a vinda de Edmundo para o Alto da Glória está descartada. A diretoria do Palmeiras rechaçou qualquer possibilidade de negociar o ?Animal? com o Coxa.