enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Garantido!

Coritiba vence o Paraná e se classifica no Paranaense

Com o triunfo sobre o Tricolor, o Coxa garantiu o primeiro lugar no Grupo B na Taça Dirceu Krüger

  • Por Luiz Ferraz

Ficou com o Coritiba o primeiro clássico Paratiba da temporada de 2019. E a vitória não poderia ter vindo em um momento melhor. Mais organizado e com uma atuação segura, o time coxa-branca venceu o Paraná Clube por 1×0, na tarde deste domingo (31), no Estádio do Pinhão, em São José dos Pinhais, garantiu a primeira posição do grupo B e garantiu a vaga na semifinal da Taça Dirceu Krüger do Campeonato Paranaense para enfrentar o Londrina. Já o Tricolor, que mais uma vez teve muitas dificuldades, amargou de novo a eliminação do Estadual e terá um mês até a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro.

O primeiro tempo do clássico foi fraco tecnicamente. Depois dos primeiros minutos de adaptação ao gramado, o Paraná, por ter uma necessidade maior de vencer para ir à semifinal da Taça Dirceu Krüger, procurou mais o jogo. O time paranista, na verdade, até ficou mais com a bola, mas não tinha objetividade e parou na boa marcação imposta pelo Coritiba. O time alviverde, então, passou a jogar nos erros do Tricolor.

+ Veja como foi o jogo entre Coritiba e Paraná!

Com mais espaço, sobretudo por conta da marcação mais frouxa do Paraná, o Coritiba chegou perto de marcar aos 6 minutos. Rodrigão puxou contra-ataque, passou por dois marcadores, avançou e, já na cara do gol, foi desarmado por Eduardo Bauermann. Na sequência, foi a vez de Fabiano assustar. O lateral recebeu cruzamento de Giovanni, mas cabeceou fraco.

O Coritiba seguiu melhor e mais organizado para selecionar as jogadas ofensivas. Aos 15, Juan Alano roubou a bola no ataque, cruzou para Rodrigão, mas o camisa 9, depois de ganhar de novo da defesa, chutou para fora. Um minuto mais tarde, Giovanni arriscou de fora da área e quase marcou um golaço.

O jogo, aos poucos, perdeu o ritmo inicial. O Paraná, sem criação ofensiva e refém da marcação do Coxa, criou apenas uma chance no primeiro tempo. Aos 22, Guilherme Santos chutou cruzado e assustou o goleiro Alex Muralha. O Coritiba, então, seguiu criando as melhores chances. Aos 31, Rodrigão até chegou a marcar, mas estava impedido e o gol foi corretamente anulado.

coritiba-parana

O gol do Cascavel CR colocou uma pressão sobre os dois times, que passaram a correr o risco de ficar fora caso o Rio Branco marcasse diante do Cianoite, em Paranaguá. Mas os dois times pouco produziram até o final. Ainda deu tempo para Juan Alano, de fora da área, tentar chutar colocado, mas a bola saiu por pouco.

Com mais 45 para resolver o clássico e carimbar a classificação, o Coritiba voltou mais ofensivo. O atacante Rodrigão, que no primeiro tempo já tinha perdido pelo menos duas grandes chances, teve a oportunidade de marcar aos 10 minutos, mas, na cara do gol, desperdiçou na cara do gol depois de boa jogada de Sávio pela direita.

Artilheiro nato, o atacante Rodrigão, na quarta chance real que teve não desperdiçou. Aos 15, depois do cruzamento, a bola passou por toda a defesa e encontrou o camisa 9, que cabeceou sem chances para Thiago Rodrigues e abriu o placar. Tão logo fez o gol, o Coxa viu o Rio Branco abrir o placar na Estradinha. Assim, a pressão no clássico aumentou para os dois times.

+ Confira a classificação completa do Campeonato Paranaense!

O Paraná, então, se abriu em busca da virada. Fernando Neto e Andrey entraram no time paranista. Mas o Coritiba seguiu melhor e criando as melhores chances. Aos 19, Rodrigão fez o que quis com Leandro Almeida, avançou, chutou forte e a bola saiu por pouco. O Tricolor, sem ter outra alternativa, foi com tudo para o ataque. Mas apesar de ter mais posse de bola, a equipe do técnico Dado Cavalcanti até passou a ter mais posse de bola, mas seguiu sem objetividade para tentar pelo menos o empate.

Com o Paraná mais ofensivo, o Coritiba se retraiu um pouco para explorar os contra-ataques. O Tricolor passou a ser perigoso especialmente nas bolas paradas. Aos 33, Itaqui cobrou falta, a defesa falhou, Jenison tentou e Alex Muralha fez grande defesa. O time paranista seguiu em cima. Mais na base do desespero, faltava qualidade e tranquilidade para chegar com perigo à meta coxa-branca.

O Coritiba, bastante recuado, não conseguia ficar com a bola, mas seguia com espaços para os contra-ataques. O time coxa-branca, na verdade, fechou a casinha, manteve a sua marcação eficiente, não deu chances para o Paraná e garantiu a vitória e a classificação para a semifinal do segundo turno do Paranaense.
CAMPEONATO PARANAENSE
Taça Dirceu Krüger – 5ª Rodada

Coritiba 1×0 Paraná Clube

Local: Estádio do Pinhão (São José dos Pinhais)
Horário: 16h
Árbitro: Felipe Gomes da Silva
Assistentes: Luciano Roggenbaum e André Luiz Severo
Gols: Rodrigão, 15 do 2º
Cartões amarelos: Sávio, Rodrigão, Vitor Carvalho (COR); Itaqui, Leandro Almeida, Guilherme Santos (PAR)
Público pagante: 2.248
Público total: 2.448
Renda: R$ 60.595,00

Coritiba
Alex Muralha; Sávio, Alan Costa, Sabino (Romércio) e Fabiano; Vitor Carvalho, João Vitor e Giovanni (Luiz Henrique); Juan Alano, Patrick Brey e Rodrigão (Vanderlei).
Técnico: Umberto Louzer

Paraná Clube
Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Eduardo Bauermann, Leandro Almeida e Guilherme Santos (Juninho); Jeferson Lima (Andrey), Itaqui e Higor Leite (Fernando Neto); Alesson, Caio Rangel e Jenison.
Técnico: Dado Cavalcanti

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

59 Comentários em "Coritiba vence o Paraná e se classifica no Paranaense"


PAULO BOTTAN
PAULO BOTTAN
2 meses 16 dias atrás

Se você tiver vergonha nessa tua cara Leonardo…renuncie amanhã senão vamos te tirar na porrada cabra safado que só quer mamar 25 mil por mês

Paulo Marcondes
Paulo Marcondes
2 meses 16 dias atrás

Moderação? Ridículo….

Coxa Terra Plana
Coxa Terra Plana
2 meses 16 dias atrás

Se o coxa tá nessa situacao imagine nos proximos anos, falido, sem patrocinio, sem estadio e socios. A unica gloria eram esses rurais em campo de varzea e os titulos que ele ganhou no tempo que os dinossauros torciam pro Coxa…

Aquiles Mendes
Aquiles Mendes
2 meses 16 dias atrás

Os dois times medíocres e falidos passaram apuro quando o cascavel fez gol ..que situação hein falidos #ficalulinha

General
General
2 meses 16 dias atrás

1,2,3 pro sub 23….kkkkkk….kkkkkk….kkkkkk

1 2 3 6
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas