No primeiro Atletiba da final do Campeonato Paranaense 2008, o Coritiba venceu por 2 a 0 o Atlético, no Couto Pereira.

O jogo começou já com distruibuição de cartões amarelo. Thiago Silvy, do Coxa, e o rubro-negro Valencia foram advertidos nos primeiros minutos. Logo aos quatro minutos iniciais, em uma jogada de Keirrison, que tocou para Thiago Silvy, o atacante coxa-branca chutou para fora e perdeu a primeira oportunidade da partida.

O clássico começou acelerado, enquanto o Coxa dominou os principais movimentos, o Furacão teve dificuldades para chegar a meta do goleiro adversário Edson Bastos.

Aos 28 minutos, o lateral-esquerdo Ricardinho, do Coritiba, tocou para Carlinhos Paraíba na entrada da grande área, o meia chutou certo e abriu o placar para o Coxa.

Na sequência, tentando uma reação do Furacão, Valencia apareceu com perigo, mas o goleiro Edsons Bastos estava ligado na jogada. Três minutos depois, foi a vez de Netinho chegar com perigo e assustar a defesa do Coritiba.

O Coxa continuou tentado ampliar o placar. Keirrison arriscou de longe e quase acertou o gol de Vinicius.

Escanteio aos 37 minutos para o rubro-negro, mas Michel exagerou na força e mandou a bola pela linha lateral oposta. O Atlético não parou de tentar: Rhodolfo deu uma cabeçada depois de um levantamento, mas a bola saiu pela linha de fundo. Netinho cobrou bem uma falta, mas Edson Bastos defendeu.

O primeiro tempo acabou com um minuto de acréscimo.

Segundo Tempo

O Coxa começou o segundo tempo com uma mudança: Thiago Bernardi entrou no lugar de Douglas Silva.

Aos seis minutos, o coxa-branca Pedro Ken encenou caindo no gramado e por isso levou cartão amarelo. Dois minutos depois, este mesmo jogador do Coxa superou a marcação do rubro-negro Michel em uma grande jogada e chutou com perigo ao gol de Vinicius. Quase que saiu o segundo gol do Coxa. E o Coritiba não cansava de partir para cima,  Carlinhos Paraíba chutou e Vinicius deu rebote, Ricardinho tentou arrematar, mas mandou para fora.

Marcelo Ramos, do Atlético, sentiu contusão e pediu substituição aos dez minutos, mas logo voltou para o campo.

O Atlético quase chegou com uma jogada de bola parada. Netinho cobrou escanteio e Rhodolfo de cabeça foi perto, mas não dentro do gol de Edson Bastos.

Mesmo com substituições nas duas equipes, o jogo continuou sendo dominado pelo Coxa. O Furacão insistiu nas bolas alçadas na área abrindo espaço para o Coritiba atacar e marcar. Aos 24 minutos, o zagueiro rubro-negro Rhodolfo errou, fazendo com que Marlos tocasse para Keirrison que chutou e marcou o segundo do Coxa.

No próximo jogo, que será disputado domingo que vem na Arena da Baixada, o Coritiba pode perder por um gol. Se perder por dois gols de diferença, o jogo vai para prorrogação e pênaltis.