Atlético e Coritiba se enfrentaram na tarde desta quinta-feira pela final da Taça Bh de Juniores e o título veio em cobrança de penalidades máximas após um empate por 1 a 1 no tempo normal. O Verdão levou a melhor vencendo por 5 a 4 e conquistando o título da competição. Este foi o primeiro título alviverde da Taça BH.

Atlético começou a partida indo pra cima do Coritiba e não demorou muito para o Furacão abrir o placar. Aos 8 minutos, Bruno Furlan tentou o cruzamento, mas a bola encobriu o goleiro, que nada pode fazer: 1 a 0. Antes disso, rubro-negro levou perigo com Edgar Junio, que exigiu grande defesa do goleiro coxa.

Coritiba tinha muitas dificuldades em marcar o rápido ataque atleticano, que levou perigo novamente aos 11 minutos. Bruno Furlan recebeu dentro da área, fez o giro e bateu para espetacular defesa de Rafael Martins. Primeira boa chance do Alviverde ocorreu aos 17 minutos. Jânio recebeu livre e bateu forte, mas a bola foi por cima do gol. No restante da primeira etapa, Verdão conseguiu equilibrar o jogo, mas não levou real perigo a Leonardo.

Na volta para o segundo tempo, o técnico atleticano Paulinho colocou o zagueiro Diego Petri no lugar do atacante Edgar Junio. Logo aos 5 quase o empate Alviverde. Tatuí mandou uma bomba em cobrança de falta, a bola desviou e passou perto. Coxa passou a pressionar o Atlético, que se fechou para tentar garantir a vantagem.

Aos 19, Danilo, que tinha entrado no lugar de Marcos, acertou uma cotovela em Tatuí e foi expulso de campo. Com um a menos e pressionado pelo Coritiba, o técnico colocou mais um zagueiro em campo. Aos 31 o empate do Verdão. Tatuí cruzou para Andrezinho, que subiu livre para empatar a partida. No último minuto do jogo, Jânio recebeu na área e subiu no terceiro andar mandando muito perto do gol.