Já de olho na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba começou a sondar nomes de peso para reforçar seu elenco para a continuidade da temporada de 2018. O volante Leandro Donizete, de 35 anos, que atuou pelo time coxa-branca entre os anos de 2008 e 2011, foi procurado pela diretoria alviverde. Agora, segue a negociação com o Santos para o empréstimo do jogador até o final deste ano.

Procurado pela reportagem da Tribuna do Paraná, o empresário do jogador, Edson Khodor, afirmou que o Coritiba procurou o Peixe para tentar o empréstimo, mas quer que o salário do volante Leandro Donizete seja dividido entre os dois clubes. A possibilidade do acerto é boa, já que o atleta sequer foi inscrito na Libertadores da América pelo clube paulista e não deverá ser utilizado pelo técnico Jair Ventura.

O Atlético-MG, clube em que o volante também é ídolo, também estaria interessado no retorno do jogador e dificultaria a volta de Leandro Donizete ao Coritiba. No entanto, segundo informações divulgadas pela imprensa mineira, o diretor de futebol do Galo, Alexandre Gallo, não é favorável à contratação do volante.

O salário do volante Leandro Donizete gira em torno de R$ 150 mil. Seria um investimento alto para o atual padrão financeiro do Coritiba, mas o experiente jogador seria importante para a caminhada do clube na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, que começa no mês de abril.

No Coritiba, Leandro Donizete tem o carinho do torcedor, já que obteve grandes feitos pelo clube. Conquistou as edições de 2008, 2010 e 2011 do Campeonato Paranaense, além de ter ajudado o Coxa a conquistar o título da Série B do Brasileirão de 2010.