Se a semana passada foi de problemas e mais problemas para o técnico Dorival Júnior escalar o Coritiba, esta semana promete ser mais amena. Não muito, mas mais amena. A prova disso é que o volante Douglas Silva está em tratamento intensivo no departamento médico, mas deverá ter condição de jogo. O mesmo acontece com Rodrigo Mancha, da mesma posição, e até o lateral-direito Marcos Tamandaré poderá retornar. No entanto, o apoiador Leandro Donizete segue em tratamento e sua volta deverá ficar somente para a partida contra o Palmeiras, na estréia do Brasileirão.

?O Douglas não é nada grave. Foi uma pequena entorse no tornozelo direito e vai ficar em tratamento o máximo de tempo possível desde que não afete os trabalhos da comissão técnica?, revela Lúcio Ernlund, coordenador médico do Alviverde. De acordo com ele, apesar da preocupação, Douglas deverá trabalhar com bola já na quinta-feira e ficar à disposição normalmente para a partida de domingo contra o Atlético. ?Pela primeira avaliação acho que sim, mas cada indivíduo tem um comportamento diferente?, pondera o médico do Coxa.

A mesma coisa vale para o lateral-direito Marcos Tamandaré, que sofreu uma distensão muscular na coxa direita. ?Vai depender da evolução. Se ele estiver se sentindo bem seguro, eu libero ele?, avisa. Caso contrário, somente na Série A, como é o caso de Leandro Donizete, que se recupera de uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito. Enquanto isso, Dick será operado na segunda-feira e só volta aos gramados na próxima temporada. Ele será operado pelo próprio Ernlund. ?É o ligamento cruzado anterior, a mesma cirurgia do Keirrison?, lembra o médico.

Jogo-treino

Enquanto a turma que atuou contra o Atlético faz um trabalho regenerativo, os reservas enfrentam o J. Malucelli hoje à tarde no CT da Graciosa.