Foto: Ed Dourado/Diário de Marília

Kléber não pôde fazer nada no gol de Fernando, ainda no primeiro tempo.

O Coritiba ficou longe da meta de terminar na liderança a ?primeira fase? da Série B do campeonato brasileiro. O Coxa perdeu por 1 a 0 para o Marília na noite de ontem e vai assistir à Copa do Mundo fora da zona de acesso à primeira divisão.

O técnico Paulo Bonamigo optou por uma formação diferente. Sem contar com Caio, suspenso, o treinador optou por deslocar Jackson para a ala direita, escalando Luciano Santos e Fábio Pinto no meio-de-campo. Mas as mudanças não deram certo.

O Marília foi o dono do jogo no primeiro tempo. Apostando na velocidade de Alisson e nas bolas cruzadas para Creedence, o time paulista quase abriu o placar aos 9 minutos. Mas a boa defesa de Kléber apenas adiou o que parecia inevitável.

O MAC continuava pressionando, mas não conseguia acertar as finalizações. Completamente apático, o Cori incomodou o goleiro adversário apenas uma vez. Alberto foi lançado na área, dominou no peito e bateu de primeira. Mas Júlio César estava bem posicionado e fez a defesa.

O domínio da equipe paulista deu resultado aos 32 minutos. Bruno Ribeiro fez boa jogada pela esquerda e cruzou na cabeça do veterano Fernando, que não teve dificuldades para balançar as redes do Coxa.

Alisson e Rafael Mineiro ainda perderam duas grandes chances de ampliar, fazendo o Cori voltar para os vestiários aliviado com o placar de 1 a 0 para o adversário. ?Temos que corrigir essa postura. Até agora não mostramos porque entramos em campo. Se não mudar, o Marília vai continuar mandando no jogo?, resumiu o zagueiro Índio.

Bonamigo concordou com o capitão alviverde e mudou a equipe. O volante Peruíbe entrou no lugar do zagueiro Nivaldo e Jéferson substituiu Alberto no ataque.

As alterações deram resultado e o Coxa quase empatou logo no primeiro minuto da segunda etapa. Ricardinho cruzou e Jéferson marcou de cabeça. Mas a árbitra Martha Peçanha de Vasconcelos viu o empurrão do atacante alviverde no zagueiro e anulou bem o gol. O Cori continuou insistindo e marcou mais um gol irregular. Dessa vez, Jéferson estava em posição de impedimento.

Kléber ainda apareceu bem mais uma vez, defendendo um chute de João Marcos. Mas o segundo tempo era mesmo do Coxa, que esteve perto de empatar em seu primeiro escanteio na partida, aos 32 minutos. Ricardinho cruzou, Anderson Gomes cabeceou e o goleiro Júlio César salvou.

Até o último minuto, o time alviverde continuou tentando, mas não teve qualidade para superar a marcação do Marília. Com a derrota, o Coritiba fica na quinta posição, com 15 pontos. No momento, os classificados para a Série A de 2007 seriam Avaí, Sport, Náutico e Paysandu.

Castigo

Após o jogo, Paulo Bonamigo mostrou toda sua insatisfação com o futebol mostrado pelo Coxa. ?O time esteve muito longe do que a gente espera. Não há condições de jogar 45 minutos como a gente fez no primeiro tempo. O castigo veio a galope, com a derrota?, lamentou o treinador.

CAMPEONATO BRASILEIRO ­ SÉRIE B

10.ª rodada

MARÍLIA 1 x 0 CORITIBA

Marília: ­ Júlio César; Rafael Mineiro, Gum, Téio e Bruno Ribeiro; Fernando, João Marcos, Alexandre Silva (Davi) e Márcio Richards; Alisson (Marcos Dener) e Creedense (Ademilson). Técnico: Arthur Bernardes.

Coritiba: Kléber; Henrique, Índio e Nivaldo (Peruíbe); Jackson, Márcio Egídio, Luciano Santos, Fábio Pinto (Renan) e Ricardinho; Anderson Gomes e Alberto (Jéferson). Técnico: Paulo Bonamigo.

Gols: Fernando, aos 32? do primeiro tempo.

Árbitra: Martha Peçanha de Vasconcelos (Fifa-RJ).

Assistentes: Nalcy José da Silva (RJ) e Délcio da Silva Brum (RJ).

Cartões amarelos: João Marcos, Bruno Ribeiro, Gum, Júlio César, Márcio Richards (Marília), Nivaldo, Fábio Pinto, Renan, Índio (Coritiba)

Local: Bento de Abreu, em Marília (SP)

Público: 2.529 pagantes

Renda: R$ 19.339