O capitão Reginaldo Nascimento
retorna hoje à zaga.

O Coritiba entra em campo hoje, contra o São Paulo, às 18h, no Couto Pereira, recomeçando a luta pela conquista do Campeonato Brasileiro. Punido com a perda de seis pontos pela 1.ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça da CBF, o time busca provar que os fatores externos não vão prejudicar a campanha, nem afetar o bom ambiente do clube.

O fato de o time ter conquistado apenas um ponto até a quinta rodada do nacional do ano passado e ainda assim ter se classificado á Libertadores, trás tranqüilidade no Alto da Glória. “No ano passado a pontuação era essa e lutávamos para melhorar o desempenho em campo. Este ano estamos bem dentro de campo e invictos há 14 jogos”, defende o capitão da equipe, Reginaldo Nascimento. Para o volante Pepo, o Coritiba não tem que pensar nos seis pontos perdidos, pelo menos por ora. “Se perdemos seis, temos que pensar nos 126 a conquistar. Está em nossas mãos”, diz.

Para o “recomeço”, entretanto, o técnico Antônio Lopes tem alguns problemas na equipe. O trio de ouro formado por Luís Mário, Aristizábal e Tuta está de fora, todos com problemas musculares. De quebra, o habilidoso lateral-esquerdo Adriano ainda não poderá estrear no Brasileirão, já que está em fase de recuperação física. Ele teve um estiramento há vinte dias e perdeu condicionamento.

Para o setor ofensivo, o treinador optou por formar o trio de ataque com André Nunes, Rodrigo Batata e Igor, que irá se revezar nas investidas ao ataque com o meia Luís Carlos Capixaba. Na lateral-esquerda, sai Lira e entra Ricardinho, totalmente recuperado de uma gripe.

Mas nem tudo é lamentação no Alto da Glória. O time terá de volta o capitão Reginaldo Nascimento – que reforça a zaga no lugar de Vagner, suspenso – e de Ataliba, com contrato regularizado. Ele entra no lugar de Márcio Egídio, já que Lopes gostou do rendimento de Pepo e vai mantê-lo entre os titulares.

 O São Paulo busca se manter na ponta do Brasileirão. Mas, uma derrota, hoje, não seria o fim do mundo. Principalmente para o torcedor são-paulino, que quer mesmo saber do jogo contra o Rosario Central, valendo vaga nas quartas-de-final da Libertadores.

É justamente pensando nesta partida que Cuca armou seu time para enfrentar o Coritiba. Ramalho, ex-Atlético-PR, faz sua estréia, pois Fábio Simplício, que foi expulso na Argentina, não poderá jogar na quarta-feira. No ataque Grafite deve perder o lugar para Vélber.

Campeonato Brasileiro
Coritiba x São Paulo

Coritiba: Fernando; Jucemar, Miranda, Reginaldo Nascimento e Ricardinho; Pepo, Ataliba, Rodrigo Batatinha e Igor; Luís Carlos Capixaba e André Nunes. Técnico: Antônio Lopes.

São Paulo: Rogério Ceni; Cicinho, Fabão, Rodrigo e Gustavo Nery; Alexandre, Fábio Simplício, Marquinhos e Danilo; Grafite e Luís Fabiano. Técnico: Cuca.

Súmula
Local:
Estádio Couto Pereira.
Horário: 18h.
Árbitro: Edílson Soares da Silva (RJ).
Assistentes: João Luiz Ribeiro Magalhães (RJ) e José Cláudio Ramos (RJ).