Foto: Valquir Aureliano/O Estado

Caio disputa com Márcio Egídio
a única vaga aberta no time.

O aniversário de 97 anos foi ontem, mas o que a torcida do Coritiba quer mesmo é receber o presente hoje. Diante do CRB, o Alviverde busca mais uma vitória para continuar dependendo somente das próprias forças para voltar a figurar entre os quatro primeiros colocados na Série B. Além de espantar a crise, que ronda o Alto da Glória e gerou restrições à imprensa e apoio do conselho deliberativo.

A promessa dos jogadores, pelo menos, é de total empenho. O confronto está programado para as 20h30, no Couto Pereira.

?Seria muito legal se a gente conseguisse os três pontos sobre o CRB no dia seguinte ao aniversário do clube. Seria uma maneira a mais de comemorar essa data tão especial?, analisa o atacante Alberto.

Para ele, o time passou por turbulências, mas já começa a voltar para sua rota natural. ?A goleada sobre o Marília na semana passada melhorou bastante o ambiente no grupo.

Um novo resultado positivo diante do CRB vai mostrar de vez que entramos de novo na briga para subir?, aponta o artilheiro.

Depois de vencer por 6 a 2, o ambiente ficou menos tumultuado mesmo.

Do pedido de ?impeachment? do eterno presidente Evangelino Costa Neves para o atual mandatário Giovani Gionédis, a diretoria recebeu apoio incondicional do conselho deliberativo e aproveitou para fechar os trabalhos da equipe para a imprensa. Reportagem agora somente em dias ?mortos?.

A implantação de janelas para os repórteres entrevistarem o técnico Paulo Bonamigo e jogadores selecionados começou a valer ontem.

Se as novas medidas surtirão efeito positivo, somente o confronto contra o CRB à noite irá mostrar.

E esse efeito terá que vir mesmo e com vitória. Na disputa direta pelo quarto lugar com o Paulista, o Coxa não pode deixar que o Galo de Jundiaí abra uma vantagem maior que três pontos nessa rodada. Como o próximo compromisso é justamente contra o time paulista, fora de casa, esse confronto poderá recolocar o Coritiba entre os classificados para a primeira divisão. Decisiva, a partida contra o Paulista está programada para o sábado da outra semana, dia 21.

Retrospecto

Na história dos confrontos entre Coritiba e CRB, a vantagem é do time do Alto da Glória.

Em três encontros, o Alviverde venceu duas vezes e empatou uma.

De acordo com levantamento do Grupo Helênicos, o primeiro confronto aconteceu em 22/11/1972 e acabou em 3 a 0 para o Coxa, que também venceu em 24/10/1973 por 2 a 0. Este ano, em 11/7/2006, o placar foi 2 a 2.

Bonamigo entre a teimosia e a ousadia

Depois de testar três formações distintas durante a semana, o técnico Paulo Bonamigo descartou a presença de Batatais na zaga e vai estudar se é melhor trocar o suspenso Paulo Miranda pelo marcador Egídio ou pelo armador Caio. Assim, ele mantém o 4-4-2 no Coritiba, mas fica na dúvida entre a ?ousadia? e a ?teimosia? no confronto de hoje contra o CRB. No restante da equipe, as novidades são o lateral-direito Andrezinho, no lugar de Luís Paulo, e o atacante Alberto, que entra na vaga de Jéfferson – dispensado pela diretoria.

O treinador chegou a colocar o Alviverde para treinar no 3-5-2, com a presença de Batatais. Esse esquema ainda poderá ser posto em prática com o recuo do volante Egídio, a opção teimosa. Teimosa porque Bona já testou o próprio Egídio e também Peruíbe, sem muito sucesso. Tanto um quanto o outro falharam e a torcida chega a ficar aflita na arquibancada com o time desse jeito. No entanto, se Egídio atuar na sua, ao lado de Mancha, deixa Jackson e Cristian mais soltos para criarem e chegar no ataque.

A outra opção é por Caio na meia. Aí, Jackson teria que se desdobrar para fazer o papel de segundo volante e deixar Caio e Cristian na criação. A definição oficial só sairá momentos antes da partida contra os alagoanos. No banco, Bonamigo relacionou o meia Batatinha, recuperado de lesão, e André Nunes, que estava no time B.

CAMPEONATO BRASILEIRO
30.ª Rodada
Súmula
Local: Couto Pereira
Horário: 20h30
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (RJ)
Assistentes: Wágner de Almeida Santos (RJ) e Nalcy José da Silva (RJ)

Coritiba x CRB

Coritiba
Artur; Andrezinho, Henrique, Índio e Ricardinho; Rodrigo Mancha, Márcio Egídio (Caio) Jackson e Cristian; Ânderson Gomes e Alberto. Técnico: Paulo Bonamigo

CRB
Maizena; Eduardo, Samuel, Selmo Lima e Rogerinho; Ânderson, Lau, Leonel e Saulo; Harley e Nílson Sergipano. Técnico: Roberto Cavalo