O Coritiba é o campeão paranaense de 2012. Após um empate sem gols com o Atlético, na tarde deste domingo, o Coxa faturou o tricampeonato nas penalidades. Guerrón perdeu para o Atlético e Everton Ribeiro decretou a conquista.

Primeiro tempo equilibrado

Antes do duelo no Couto Pereira, as torcidas fizeram uma bela festa com a entrada dos jogadores, digna de uma final de campeonato. Entretanto, o jogo no primeiro tempo não agradou aos torcedores, que vaiaram os atletas após o árbitro Adriano Milczvski apitar o final da primeira etapa.

O Coritiba assustou no início de jogo, com as tradicionais jogadas aéreas. Pelo lado atleticano, o ponto forte era a descida de Guerrón pela direita, que incomodava a defesa alviverde.

O duelo era muito truncado no gramado do Alto da Glória. Foram poucas chances para ambos os times. Rodolfo e Vanderlei quase não trabalharam.

Jogo continua truncado

Para o segundo tempo, as equipes voltaram com modificações. Everton Costa entrou no Coritiba e Alan Bahia foi a novidade no Atlético. Entretanto, o jogo continuava morno, sem grandes alternativas.

Carrasco apostou então na entrada do meia Ligüera. Já Oliveira tirou o meia Rafinha para colocar o experiente Lincoln. O jogo ficou mais movimentado, mas ainda estava longe do que era esperado para a grande final. O empate permaneceu e a decisão ficou nas penalidades.

Pelo lado do Atlético, o equatoriano Guerrón perdeu e Everton Ribeiro marcou o gol do título alviverde.

Veja na galeria de fotos o clássico.