Pela segunda temporada seguida, o Corinthians está na decisão da Liga Nacional de basquete feminino. Nesta sexta-feira, no ginásio Centro Cívico, em Americana (SP), o time paulista massacrou o Sampaio Corrêa, do Maranhão, por 93 a 64 (47 a 27 no primeiro tempo) e fechou a série semifinal melhor de três em 2 a 0. Este duelo foi uma reedição da última final, vencida pelas maranhenses.

O adversário corintiano pode ser definido neste sábado, às 10 horas, se o Uninassau, de Pernambuco, vencer o Santo André-SP, no Recife. Caso contrário, a decisão da vaga vai para o jogo 3 da série, que está marcado esta segunda-feira.

A armadora Joice, do Corinthians, foi a cestinha do jogo com 19 pontos. Além dela se destacaram a argentina Melisa Gretter, com 12 pontos, além de seis rebotes e oito assistências, a norte-americana Baker, com 16 pontos, e Êga, com 14. Tainá, com 17 pontos, e Palmira, com 15, foram as melhores do Sampaio Corrêa.

Em 20 jogos na fase de classificação, o Corinthians perdeu apenas dois – um deles para o Sampaio Corrêa na última rodada, quando já se poupava para os playoffs. No jogo 1 da série, o time paulista já havia vencido com facilidade por 71 a 54, mesmo jogando no Maranhão.

“Estamos de parabéns, fizemos um grande trabalho e isso é resultado de muita cobrança vinda do Vendramini (Antônio Carlos, técnico) e muito foco de todo o nosso grupo. Nosso time está de parabéns pelo desempenho nessa série e estamos preparadas para enfrentar quem vier da outra série na grande final”, disse a corintiana Joice.

“Erramos muito nos detalhes e assim não dá para vencer. Nossa defesa foi fraca e agora é bola pra frente. Encerramos nossa caminhada no campeonato nacional infelizmente em uma fase que não queríamos, mas isso não tira nosso mérito. Fizemos um bom campeonato”, afirmou Vitória, do Sampaio Corrêa.