São Paulo – Hoje, jogando no Barradão, às 21h45, em Salvador, Corinthians e Vitória definem um dos semifinalistas da Copa do Brasil. As equipes entrarão em campo em situações bem diferentes. Se o Corinthians vem de dois resultados positivos e está invicto há quatro partidas, o Vitória perdeu os últimos dois jogos e vive um momento de intranqüilidade.

Apesar da fase ruim ter dado uma trégüa, os jogadores do Corinthians demonstram cautela ao falar da partida. Para se classificar, a equipe paulista precisa de um empate. Uma derrota por um gol de diferença, desde que o resultado não seja 1 a 0, também classifica os corintianos. Se o Vitória vencer por 1 x 0, a vaga será definida nos pênaltis.

“A vantagem é boa, mas estaremos na casa deles. Não somos favoritos e temos respeito pelo Vitória, que é um adversário muito difícil”, observa o técnico Oswaldo de Oliveira, que mantém a mesma equipe que venceu o Guarani no último domingo.

Se a presença de Edílson ainda não está confirmada já que com a morte do seu irmão a diretoria do clube deixou a critério do jogador sua participação na partida o atacante Obina tem escalação garantida. O jogador cumpriu suspensão na primeira partida das quartas-de-final e é a esperança de gols do Vitória.

Ficha técnica
Local:
Barradão. Horário: 21h45. Árbitro: Alício Pena Júnior (FIFA-MG).
Vitória: Juninho, Pedro, Adaílton, Alex Silva e Paulo Rodrigues; Xavier (Arivélton), Vinícius, Magnum e Cléber; Obina e Edílson (Gilmar). Técnico: Agnaldo Liz.
Corinthians: Fábio Costa, Rogério, Anderson, Váldson e Renato; Wendel, Fabinho e Rincón; Gil, Jô e Marcelo Ramos. Técnico: Oswaldo de Oliveira.