O presidente de honra do J.Malucelli (Corinthians Paranaense), Joel Malucelli, falou na tarde desta quarta-feira (11), em entrevista à Rádio Cultura AM, de Maringá, sobre o futuro do seu novo clube. “Já estamos mudando os estatutos para que possamos utilizar o novo nome e o uniforme. Vamos protocolar na CBF e na Federação Paranaense de Futebol o novo nome e quando estiver registrado passamos a nos chamar Sport Club Corinthians Paranaense”, disse Joel.

O empresário espera que a estreia como Corinthians Paranaense ocorra contra o Guarani, no jogo de volta válido pela primeira fase da Copa do Brasil, ou na fase seguinte (caso o Jotinha passe), contra o Internacional. “O primeiro jogo será no dia 18, em Curitiba, às 16 horas, mas quem sabe no jogo de volta ou contra o Inter possamos usar o novo nome e os uniformes novos”, relatou. “Os nossos jogadores preferem vestir a camisa do Corinthians em vez da do J.Malucelli por ser uma nova vitrine e uma nova oportunidade”, complementou.

O presidente de honra do Jotinha diz que a possibilidade de o Timão Paranaense mandar seus jogos no Norte do Estado, mais especificamente em Maringá, é grande. Contudo, dependerá do apoio da torcida. “Na região Norte a torcida do Corinthians é uma das maiores. A pesquisa (feita recentemente e que apontou a torcida do Corinthians como a maior do Estado) demonstra o carinho e o amor que o povo dessa região tem pelo Corinthians. Não pensamos em mudar a sede para Maringá, mas alguns jogos sim, até para sentirmos a receptividade”, argumentou.

O dirigente diz que é inaceitável uma cidade como Maringá não possuir um time de futebol. “É constrangedor realmente. O potencial é muito grande e é uma das cidades mais belas do Estado, com um povo muito desenvolvido. Se o J.Malucelli, que não tem torcedores e arrecadação, tivesse uma torcida, uma cidade como Maringá por trás, certamente seríamos uma força do futebol do Paraná”, disse.

Incialmente a sede do Corinthians Paranaense será em Curitiba, mas caso não dê certo e o apelo seja muito grande em Maringá…”podemos pensar em transferir (para Maringá) desde que tenhamos a receptividade da torcida. Precisamos sentir o interior. Na segunda fase do Estadual, se já estivermos como Corinthians Paranaense, podemos levar o jogo contra o Coritiba ou contra o Atlético para Maringá. É um projeto que certamente dará certo”, finalizou Joel Malucelli.