O meia Douglas estava indisposto e ganhou “folga” do treino de quarta-feira, apenas observando os companheiros trabalhando no CT do Parque Ecológico. Nesta quinta-feira à tarde, porém, ele precisará mostrar bastante disposição em campo, assim como o atacante Liedson, já que, desta vez, estará sendo observado em jogo-treino dos reservas corintianos contra o time Sub-20 do Corinthians.

O técnico Tite não se cansa de cobrar empenho de seus jogadores e está de olho na dupla, com potencial para ser titular, mas sem mostrar que pode ganhar a vaga. Os dois seguem nos planos do treinador, que não utilizará todos os titulares nos jogos contra Figueirense e Grêmio pelo Brasileirão, antes das semifinais da Libertadores com o Santos. Mas ele quer uma comprovação dos jogadores de que sua briga com a direção por paciência com Douglas e pela renovação de Liedson vale mesmo a pena.

Apenas cinco quilos mais magro desde sua chegada, no fim de janeiro, Douglas já é criticado no clube de que estaria fazendo “corpo mole” por não ter chegado com status de titular. Mesmo assim, é defendido pelo treinador. Mas já ouviu um alerta. “Se entrar por apenas cinco minutos e for bem, o técnico vai ficar esperto, vai estar olhando, e se treinar bem também vai estar olhando”, avisou Tite.

A ideia inicial da comissão técnica era a de jogar contra um adversário externo, que não fosse do clube. Mas a falta de logística impediu que uma equipe profissional enfrentasse os reservas corintianos no CT do Parque Ecológico. E, como o plano é dar ritmo e ver o comportamento em jogos, o time Sub-20 então foi o escolhido.

No jogo-treino, Tite quer ver entrega dos jogadores e uma demonstração de que seus treinos fortes vêm dando certo. Ele conta com maior agilidade e gols de Liedson, a quem exigiu trabalhos específicos e já viu evolução. Nos últimos trabalhos, o atacante já corre sem mancar tanto e o faro de gol parece estar voltando.