O Corinthians confirmou, em nota oficial, a sua intenção de ampliar o seu projeto de estádio em Itaquera de 48 mil para 65 mil lugares e, assim, atender à exigência da Fifa para abrigar o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014.

A informação havia sido divulgada no começo da tarde pelo governador de São Paulo, Alberto Goldman, o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab, e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira, que se reuniram no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, para tratar do assunto.

O clube disse ainda que o início das obras está previsto para março de 2011 e a conclusão para o último trimestre de 2013, o que tiraria o estádio da Copa das Confederações, que será disputada em junho desse ano.

Confira na íntegra a nota do Corinthians:

A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista agradece ao Comitê Organizador Local pela indicação do seu futuro estádio de Itaquera como a sede da abertura da Copa do Mundo de 2014.

Já há um pré-projeto para 65 mil expectadores em analise pelos órgãos competentes locais e nacionais. Só após a revisão e aprovação pela própria Fifa ele poderá ser definitivamente detalhado; e seus custos, e necessidades de financiamento, equacionados. Na sequência lógica, o foco das atenções concentra-se na adequação do projeto às exigências da abertura e aprovação nos órgãos locais para posterior concentração nos detalhes financeiros.

A previsão do inicio da obras é para março do próximo ano e sua conclusão deverá ocorrer no último trimestre de 2013, sempre sujeito à velocidade de aprovação do projeto.