A segunda etapa da Copa Maringá de Arrancada de 201 metros reuniu 116 pilotos, que foram divididos em 16 categorias, no Race Park. A competição também contou pontos para a segunda etapa do Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 metros.

“As provas de Arrancada em Maringá estão evoluindo e a competição já está se tornando referência nacional em 201 metros. Tivemos um número de pilotos 13% maior em relação à primeira etapa”, afirmou o organizador do evento e diretor administrativo da Força Livre, Adalberto Monteiro.

Dos 116 participantes, 40 competiram na categoria Dianteira Turbo B, que teve o piloto Adriano Prado, de Londrina, como vencedor. Ele acelerou forte e fez o trecho em 7s329 com o tempo de reação de 0s008, marcou 7s337, com velocidade final de 173 km/h.

Outro destaque foi o piloto João “Nico” Pletsch, de Toledo, que fez os 201 metros em 5s855, chegando a 192 km/h, na categoria ProMod. Com a marca, “Nico” foi o mais rápido do fim de semana. O piloto Alex da Silva, da Extreme 10.5 também andou na “casa dos 5s” fazendo o tempo final em 5s869.

Quatro pilotos fizeram os 201 metros na “casa dos 6s”: Osnildo Antunes (6s128), da Força Livre Dianteira; Jorge Pacheco (6s357), da Turbo Traseira; Éder Seti (6s650), da Dianteira Turbo A; Marcelo Poltronieri (6s810); da Traseira Original.

A segunda etapa da Copa Maringá de 201 metros ainda teve como vencedores os pilotos Celso Bueno de Camargo (7s175), da Traseira Super; Harrison Marques (7s311), da Dianteira Super; Arthur Neto (7s405), da Street Tração Traseira; Rodrigo de Oliveira (7s558), da Dianteira Turbo C; Wellington Barranco (7s696), da Dianteira Original; Paulo Gondawski (8s031), da Standard; Rudimar Tondo (8s310), da Standard 6 8 cilindros; Ricardo Alexandre (9s165), da Desafio 9s; e Diego da Silva; 10s544, da Desafio 10s.