Com uma diferença de apenas oito pontos entre os três primeiros colocados, exatamente os únicos que conseguiram chegar ao alto do pódio nesta temporada, a Copa Fiat voltará a ser movimentada neste fim de semana em Interlagos com muito mais atrações do que apenas a briga entre Christian Fittipaldi, Cacá Bueno e André Bragantini pela liderança do campeonato. Os treinos livres contarão com a ilustre presença de Felipe Massa, idealizador e padrinho da categoria de turismo do Racing Festival, enquanto o grid receberá também a visita de Victor Guerin, convidado especial da Pater Racing e integrante do trio brasileiro na Fórmula GP2. E o público ainda concorrerá a um Fiat Uno Vivace ao final da segunda bateria no domingo.

A volta da Copa Fiat nascida em 2010 como Trofeo Linea a São Paulo marca a abertura da segunda metade do calendário. No ano passado, Bragantini e Giuliano Losacco, atuais companheiros de equipe na organização dirigida tecnicamente por Maurício Ferreira, dividiram as vitórias. Em Curitiba, há três semanas, Losacco conservou a quarta colocação na classificação geral, mas se distanciou dos ponteiros numa etapa em que Bragantini foi o grande vitorioso fez um 1.º, um 2.º e um 3.º lugares, este último na prova transferida da rodada inaugural em Londrina.

As atividades de pista serão abertas no sábado, com a realização das duas sessões de treinos livres de uma hora cada e as tomadas classificatórias. Massa, aproveitando o período de férias na Fórmula 1, vai avaliar o modelo 2012 da Copa Fiat.

Classificação da Copa Fiat

1 – Christian Fittipaldi, 71 pontos
2 – Cacá Bueno, 69
3 – André Bragantini, 63
4 – Giuliano Losacco, 36
5 – Ulisses Silva, 31;
6 – Popó Bueno, Wellington Justino e Cesinha Bonilha, 24;
9 – Edson do Valle e Leonardo Nienkötter, 16
11 – Luir Miranda, 12
12 – Mauri Zaccarelli, 5
13 – Rogério Castro e Betinho Sartório, 4
15 – Fernando Nienkötter, Antonio Jorge Neto e José Vitte, 3