A vitória sobre os austríacos foi tranquila. Quase em ritmo de treino, Gabriel Jesus, Neymar e Philippe Coutinho fizeram os gols da seleção.

Antes do jogo, a equipe prestou homenagem a Maria Esther Bueno, 78, maior tenista do país, que morreu na última sexta-feira (8). A imagem da atleta apareceu no telão do estádio e os jogadores brasileiros usaram uma faixa preta no braço no primeiro tempo do amistoso em sinal de luto.

Durante a partida, temendo lesões, os brasileiros evitavam choques com os austríacos. Em alguns momentos, chegaram a reclamar das entradas dos adversários.

Apesar da boa fase do time, o treinador conteve a euforia. Questionado sobre a possibilidade de título na Rússia, disse estar preocupado “com o desempenho” dos jogadores.

“Quero e sonho com uma Copa. Todos os integrantes querem o título. Mas queremos ficar atentos ao trabalho. Quero o desempenho deste domingo em todas as partidas. A seleção deu hoje mais um exemplo de amadurecimento”, disse o treinador..

Mesmo satisfeito com a atuação da seleção, Tite diz que o time ainda não está pronto.

“A seleção nunca vai estar pronta. Ela passa por etapas, fase de consolidação, amadurecimento e vai se moldando”, afirmou o técnico.

O treinador, não quis adiantar se vai manter a equipe que jogou o amistoso para a estreia na Copa, no próximo domingo (17), contra a Suíça, em Rostov-do-Don. Do quarteto ofensivo, só Willian não fez gol neste domingo.

Para evitar a acomodação dos jogadores, Tite disse que o segredo é cobrá-los sempre e afirmou que fará isso a partir da próxima terça (12), quando os treinos vão recomeçar.

“Temos que sempre nos desafiar. Começa uma nova etapa com o início da Copa, mas o discurso será esse. Sempre nos desafiar”, disse o treinador brasileiro.

Depois do jogo, a delegação embarcou para Sochi, cidade russa que servirá de base para a seleção no início do Mundial.