Neymar, 26, não participou do treino no gramado nesta segunda-feira (18) em Sochi (pronuncia-se Sôtchi), base da seleção na Copa da Rússia. Ele fez atividades na fisioterapia e na academia, de acordo com a assessoria de imprensa da equipe brasileira.

Além do camisa 10, o volante Paulinho, que foi substituído durante o segundo tempo do empate diante da Suíça, e o zagueiro Thiago Silva também não treinaram no campo. Os outros jogadores se dividiram em dois grupos. Um realizou uma atividade com bola em campo reduzido, enquanto outro fez um treino físico.

No domingo (17), Neymar deixou a Arena Rostov mancando, com dores no tornozelo direito, após o empate diante da Suíça por 1 a 1, pela primeira rodada do Grupo E da Copa do Mundo. Mesmo assim, o jogador não preocupa para o duelo contra a Costa Rica, marcado para sexta (22), em São Petersburgo.

“Nenhuma preocupação. Da parte médica, ele estará 100% para o próximo jogo. Não vai passar por nenhum tratamento específico, não estamos preocupados”, disse Rodrigo Lasmar, médico da seleção, logo após a partida. “As pancadas foram no tornozelo, e não no pé operado”, acrescentou.

A equipe treinará novamente em Sochi nesta terça-feira (19). A atividade será aberta para a imprensa durante 20 minutos. Nesta quarta (20), o treino será fechado e, na sequência, a delegação viaja para São Petersburgo.