SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A delegação do Peru chegou na tarde deste domingo (10) à Rússia para a disputa da Copa do Mundo de 2018. Na delegação, nomes bastante conhecidos dos brasileiros, como o meia são-paulino Cueva e os flamenguistas Trauco e Guerrero.

Chamaram atenção na viagem dos peruanos a elegância dos jogadores, todos combinando uma camisa branca com gravata vermelha e paletó azul, e a presença de dezenas de torcedores que foram ao Aeroporto de Moscou recepcionar o grupo.

De acordo com o jornal peruano “Libero”, Guerrero foi o último a descer do avião, com uma expressão séria e fones de ouvido. O jogador por pouco não ficou de fora da competição em virtude de uma punição por doping.

A viagem dos peruanos não foi muito longa, uma vez que a equipe estava em Gotemburgo, onde empatou por 0 a 0 com a dona da casa Suécia em amistoso disputado no último sábado.

À espera dos jogadores também estava o ônibus que transportará a delegação em solo russo. O veículo tem os dizeres “estamos de volta! Aqui viajam 30 milhões de peruanos”.

De volta ao Mundial após 36 anos, o Peru integra o Grupo C do torneio. A estreia será no dia 16, sábado, às 13h (de Brasília), contra a Dinamarca. Na sequência, a equipe do técnico Ricardo Gareca, ex-Palmeiras, também enfrenta a França, no dia 21, e a Austrália, no dia 26.

Os peruanos escolheram a própria capital Moscou como a sede da seleção na Rússia. O primeiro treino está marcado para a manhã desta segunda-feira (11) na Arena Khimki.