SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Um susto marcou o embarque da Arábia Saudita para a cidade de Rostov-on-Don, local da partida contra o Uruguai, válida pela segunda rodada do grupo A da Copa do Mundo da Rússia e marcada para esta quarta-feira, às 12h (de Brasília). O avião da delegação sofreu com um defeito técnico, mas chegou em segurança ao local do duelo. A própria federação do país confirmou o problema durante o voo.

“De acordo com a Federação de Futebol da Arábia Saudita, todos os jogadores estão seguros e concentrados em Rostov para o jogo contra o Uruguai. O fogo foi um mero incidente”, escreveu a Federação Saudita, em segundo comunicado divulgado depois do susto.

Fotos e vídeos que circulam nas redes sociais mostram o defeito ocorrendo abaixo da asa nos momentos finais do deslocamento, próximo ao desembarque. Os problemas técnicos, entretanto, não atrapalharam a programação do time para o segundo compromisso no Mundial.

A assessoria de imprensa da Russian Airlines reconheceu um problema mecânico na aeronave, um modelo A319 da Airbus. No entanto, negou que a turbina tenha se incendiado.

“Durante a decolagem do voo FV1007 de São Petersburgo para Rostov-on-Don, houve um mal funcionamento do motor do A319, possivelmente por causa da entrada de um pássaro no duto de entrada de ar da turbina. A aeronave pousou com dois motores em funcionamento. No momento, a aeronave foi afastada de operações até que a situação seja esclarecida. Nada colocou em risco a segurança dos passageiros”, disse a empresa em nota.

“O pouso do avião foi cumprido de maneira normal. Durante o pouso no aeroporto de Rostov-on-Don, o alarme não foi acionado. Informações a respeito de incêndio, que teriam ocorrido no motor, são falsas”, assegurou.

O presidente da Autoridade Geral de Esportes, Turki Al-Shikh, também usou o Twitter para comentar sobre a viagem, feita em Airbus A319-100 da Russian Airlines.

“Graças a Deus, chegamos com a equipe saudita em segurança. A chegada na cidade de Rostov foi boa. Agora é ter fé para que eles [jogadores] tenham sucesso”, escreveu a maior autoridade esportiva do país.

Passado o susto, a Arábia Saudita se concentra para buscar o primeiro ponto na Copa do Mundo. A equipe sofreu a pior goleada do Mundial até o momento, após cair por 5 a 0 para a Rússia.