A 10ª etapa foi ótima para os líderes do Rally Dakar. Com os resultados desta quarta-feira, quando os pilotos tiveram que percorrer 176 quilômetros de trecho cronometrado entre Copiapó, no Chile, e Chilecito, na Argentina, o espanhol Marc Coma, entre as motos, e o catariano Nasser Al-Attiyah, entre os carros, conseguiram ampliar a vantagem na liderança da prova.

Coma venceu nesta quarta-feira a 10ª etapa com o tempo de 3h06min35, completando o percurso quase 10 minutos antes do que o segundo colocado, o francês Cyril Despres, que também ocupa a segunda posição na classificação geral das motos. Com isso, o piloto espanhol passou a ter 18 minutos e 10 segundos de vantagem na liderança da prova, o que o deixa bem perto do título.

Nos carros, a situação é parecida. A vitória nesta quarta-feira foi do sul-africano Giniel de Villiers, com tempo 2h53min15, mas Al-Attiyah aproveitou o dia para abrir vantagem na liderança da prova. Com o quarto lugar na 10ª etapa, o piloto do Catar ficou 12 minutos e 37 segundos na frente do espanhol Carlos Sainz, que terminou o dia na quinta posição e segue como vice-líder.

Entre os pilotos brasileiros, Guilherme Spinelli conseguiu o 10º lugar nesta quarta-feira, com o tempo de 4h26min42, mantendo a nona posição nos carros. E Jean Azevedo foi o 11º colocado na 10ª etapa, ao fazer 3h34min46, subindo do nono para o oitavo posto na classificação geral das motos.

Nesta quinta-feira, acontece a 11ª das 13 etapas do Rally Dakar, com 662 quilômetros de trecho cronometrado entre as cidades de Chilecito e San Juan, ambas na Argentina.