enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Com virada incrível, Federer bate Haas em Cincinnati

A vitória garantiu o suíço nas quartas de final do Masters 1000

Roger Federer mostrou incrível poder de reação nesta quinta-feira ao obter grande virada sobre o alemão Tommy Haas, com o placar de 2 sets a 1, parciais de 1/6, 7/5 e 6/3. A vitória, apertada, garantiu o suíço nas quartas de final do Masters 1000 de Cincinnati, quando poderá cruzar com o rival Rafael Nadal.

Ainda em busca do seu melhor tênis, Federer chegou a mostrar apatia em quadra quando perdia por 1/6 e 2/4 e Haas exibia grande confiança, rumo a vitória. O triunfo do alemão, contudo, não veio a partir da forte reação do suíço, que virou o placar no segundo set. E, com o apoio da torcida norte-americana, faturou o terceiro set após quase duas horas de partida.

Um revés nesta quinta ampliaria a má fase de Federer e poderia custar o quinto lugar no ranking da ATP, deixando-o mais distante do ATP Finals, que reúne os 8 melhores da temporada, em novembro. Mas o flerte com a derrota não durou muito tempo e o suíço poderá fazer novo clássico com Nadal na sexta, caso o espanhol vença o búlgaro Grigor Dimitrov ainda nesta quinta, pelas oitavas de final.

O JOGO – Federer teve um bom início de jogo contra Haas e até teve as primeiras chances de quebrar o saque do rival. Perdeu as oportunidades, contudo. E viu o rival aproveitar seu momento no game seguinte, quando converteu a primeira quebra do jogo e abriu vantagem no set.

Sem demonstrar reação, Federer exibia pouca mobilidade no fundo de quadra, o que era agravado pelos erros não forçados. O alemão não desperdiçou suas chances e faturou nova quebra, abrindo 5/1. Mais eficiente, Haas não vacilou no game seguinte e fechou o primeiro set.

Federer seguia apático em quadra no segundo set e não demorou para ter o saque quebrado novamente. Haas manteve o ritmo e chegou a vencer sete games seguidos, somando a sequência do set inicial. Até que o suíço resolveu reagir na partida, ao devolver a quebra no oitavo game: 4/4.

O duelo voltou a ficar equilibrado e cada tenista tinha dificuldade para confirmar o serviço. Federer, então, fez pressão sobre o saque do alemão e obteve a quebra, igualando o placar da partida.

O terceiro set foi mais parelho. Federer e Haas venciam seus games sob pressão, empatando até nos erros e nas bolas vencedoras. Com apoio da torcida, o suíço mostrava maior disposição até faturar a quebra no oitavo game, encaminhando a vitória. No saldo final, o vencedor registrou 43 bolas vencedoras, contra 32 do alemão. E 39 erros não forçados, diante dos 32 de Haas.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas