Depois de definir a sua classificação para a segunda fase da Copa do Brasil, com a goleada por 6 a 0 sobre o Rio Branco-AC, quarta à noite, no Acre, o Cruzeiro volta as suas atenções para o Campeonato Mineiro. No domingo, a equipe celeste enfrenta o Vila Nova, às 16h, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pela 6ª rodada da competição.

O técnico Vagner Mancini terá três desfalques, todos pelo terceiro cartão amarelo:

o lateral-esquerdo Diego Renan, o volante Marcelo Oliveira e o atacante Wellington Paulista. O único substituto já definido é Gilson. As demais vagas estão em aberto.

“No meio-campo, no lugar do Marcelo Oliveira, temos o Everton, o Amaral, o Rudnei, o Roger. Então, ali a gente tem mais opções. E na frente, a gente viu que Walter e Wallyson também estão no nível de Wellington (Paulista) e Anselmo Ramon, e fica até fácil escolher”, disse Mancini.

Com dores no públis, Montillo segue como dúvida. Se ele não puder atuar, Roger, que já jogou diante do Rio Branco, segue como titular, reduzindo as opções de substitutos de Marcelo Oliveira. Já durante o jogo no Acre Mancini se preocupava com a equipe que vai jogar domingo.

“Já no intervalo eu cheguei no Roger, no Marcos, e em alguns outros atletas que nós temos o hábito de saber se eles estão mais desgastados ou não. O Roger e o Marcos eram os atletas que a gente tinha que tomar mais cuidado, em função do jogo já de domingo. Dentro disso, a gente tenta fazer com que o jogo se defina rapidamente, para que você possa ter opções e descansar alguns atletas”, revelou o treinador.