O Liverpool deu início aos trabalhos visando a próxima temporada, nesta quarta-feira, com a apresentação de seus novos reforços. Os meias Downing, Henderson e Charlie Adam, além do goleiro brasileiro Doni, vestiram pela primeira vez a camisa do clube inglês e foram recebidos com muito otimismo pelo técnico Kenny Dalglish.

“Todos os reforços que trazemos, esperamos que melhorem a qualidade que já temos. Se eles fizerem exatamente o que fizeram em seus ex-clubes, já estará bom. Se eles têm bom nível, como têm, e estão preparados para um fazer um bom trabalho, como estão, então temos uma chance. Estamos felizes de ter pessoas que apreciam a história do clube”, declarou.

Os resultados de pré-temporada, até o momento, no entanto, não foram os esperados. Dos cinco amistosos disputados, foram duas derrotas – para Hull City e Galatasaray – e um empate – contra o Valerenga, da Noruega. Para piorar, a defesa não teve bom desempenho e sofreu três gols em todas as partidas, mesmo nas vitórias sobre o Guandong, da China, e o Malaysia XI.

“Poderia ter sido melhor, mas utilizamos muitos jogadores nas partidas. Todos que estiveram na pré-temporada com a gente tiveram um certo tempo em campo. A medida que formos nos aproximando da partida contra o Sunderland (estreia no Campeonato Inglês), vamos mudar o pensamento um pouco”, garantiu Dalglish.

A boa notícia no Liverpool ficou por conta do meia Steven Gerrard. Com uma infecção na virilha, o jogador deveria ficar afastado dos gramados até setembro, segundo o primeiro prognóstico. No entanto, sua recuperação tem sido melhor do que o esperado e o retorno pode acontecer antes.

“Steven (Gerrard) não ficará muito tempo fora. Todos os testes mostraram que ele está muito melhor do que havia sido antecipado, então estamos muito felizes. Ele nos deu boas notícias e esperaremos que o progresso continue”, afirmou o treinador.

Outra esperança de Kenny Dalglish para a próxima temporada é o atacante Luís Suárez. O uruguaio foi fundamental na conquista de sua seleção na Copa América, sendo apontado como o melhor jogador da competição. Com essas peças, o Liverpool espera conseguir uma melhor campanha do que na última temporada, quando chegou a figurar na zona de rebaixamento, mas acabou na sexta colocação do Campeonato Inglês.