O Botafogo pode encarar o Bahia, no próximo sábado, no Engenhão, com uma dupla de ataque muito veloz. Com o uruguaio Navarro em recuperação de lesão na coxa direita, o técnico Ricardo Gomes testou Sassá, autor de três gols diante do Náutico, ao lado do titular Neilton, que ainda não sabe quem será seu parceiro no setor ofensivo, mas não vê problemas em atuar com um jogador de características parecidas.

“Ainda não sei o que está se passando com o Navarro. Acredito que ele vá concentrar conosco. O Sassá é um excelente jogador, de força, velocidade e sabe fazer gols. Admiro muito o trabalho do Sassá e a vontade dele de buscar seu espaço na equipe. Jogar com ele é tranquilo, temos entrosamento também”, disse.

Com seis jogos para o fim da Série B e dez pontos de vantagem para o primeiro time fora do G4, o retorno à elite do futebol brasileiro parece ser apenas uma questão de tempo para o Botafogo. Neilton admite ansiedade para subir, mas destaca que isso não pode afetar o rendimento do time, ainda mais em um duelo contra um adversário direto – o Bahia é o quarto colocado.

“A gente está um pouco ansioso para conquistar logo o acesso, mas temos os nossos compromissos, um confronto direto no fim de semana e uma vitória nos deixa mais perto. Matematicamente a vitória não nos garante o acesso, mas passo a passo vamos chegar lá. Vamos entrar com vontade de ganhar e fazer o nosso melhor. O Bahia é um time bom, que joga e deixa jogar também. Temos que tomar cuidado com os contra-ataques, mas vamos impor o nosso ritmo de jogo. Será um confronto direto e um jogo bom de jogar”, afirmou.

Além da luta para subir, a indefinição sobre o seu futuro também deixa Neilton ansioso. O atacante está emprestado ao Botafogo até o fim do ano pelo Cruzeiro e ainda não sabe se permanecerá no clube carioca em 2016, embora esse seja mesmo o seu desejo.

“Já houve uma conversa sobre renovação e estou deixando para o meu agente cuidar disso. Meu desejo é continuar no Botafogo, estou feliz aqui. Fico contente pelo interesse do clube em querer renovar comigo, espero que seja bom para ambas as partes e que tudo se resolva antes do fim da temporada. Minha família está participando e não me passam muita coisa para eu não ficar ansioso”, comentou.