O Brasil ainda tem três representantes vivos na etapa de Margaret River do Circuito Mundial de Surfe. Após a disputa das baterias da terceira fase, Gabriel Medina, Italo Ferreira e Caio Ibelli vão lutar por vagas nas quartas de final do evento que fecha a perna australiana do campeonato.

Medina avançou em Margaret River ao despachar o australiano Adam Melling por 14,67 a 13,10, avançando pela primeira vez nesta temporada além da terceira fase do Circuito Mundial de Surfe. Agora ele vai encarar o norte-americano Kolohe Andino e o sul-africano Jordy Smith.

Caio Ibelli repetiu a vitória que teve sobre o havaiano John John Florence em Bells Beach ao se dar melhor em um duelo de aéreos, conseguindo 16,27 pontos, contra 15,54 do seu adversário.

Já Italo Ferreira superou Alejo Muniz em um duelo de brasileiros, por 12,43 a 8,23. Na próxima fase, ele terá mais um compatriota pela frente, Caio Ibelli, além do havaiano Sebastian Zietz.

Adriano de Souza, o Mineirinho, até conseguiu a melhor nota da sua bateria – 8,67 – mas foi surpreendido pelo italiano Leonardo Fioravanti, de apenas 18 anos, e que já havia batido Kelly Slater, que triunfou por um décimo de diferença – 15,60 a 15,50.

Miguel Pupo foi eliminado ao perder para o australiano Julian Wilson por 16,90 a 9,80. Por sua vez, Wiggoly Dantas caiu para o norte-americano Kolohe Andino, por 16,10 a 11,20.