enkontra.com
Fechar busca

De Letra

esportes

Com homenagens a Henzel, Chapecoense vence Criciúma pela Copa do Brasil

  • Por Estadão Conteúdo

Em noite de homenagens ao jornalista Rafael Henzel, sobrevivente da tragédia aérea que veio a morrer na noite de terça-feira, a Chapecoense derrotou o Criciúma, com direito a muita emoção, pelo placar de 3 a 2 na noite desta quarta, na Arena Condá, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Rafael Henzel sofreu um mal súbito quando jogava futebol com os amigos. Ele era um dos seis sobreviventes da tragédia da Chapecoense, que vitimou 71 pessoas no final de 2016. O time alviverde estampou o nome do jornalista na camisa dos atletas, que entraram em campo com uma faixa de luto. Os jogadores, de ambos os clubes, subiram ao gramado com balões brancos, em homenagem ao narrador.

Em campo, os times fizeram um jogo digno de homenagem. A Chapecoense teve o controle na primeira etapa, mas viu o Criciúma buscar o empate no segundo tempo. No entanto, viu o time alviverde marcar o gol da vitória no apagar das luzes. Com isso, a equipe de Chapecó jogará por um empate no duelo de volta, marcado para o dia 10 de abril (quarta-feira), às 19h15, no estádio Heriberto Hülse. Quem avançar embolsará R$ 1,9 milhão como premiação.

A Chapecoense começou o jogo pressionando o Criciúma e perdeu inúmeras oportunidades de abrir o placar logo no começo. Em uma delas, Everaldo girou em cima da marcação e chutou rente à trave. O gol saiu apenas aos 26 minutos. Márcio Araújo deixou com Elicarlos, que acertou um bonito chute de fora da área.

O segundo saiu aos 38 minutos. Eduardo fez boa jogada pela direita e cruzou, Derlan tentou tirar, mas jogou de bandeja para Gustavo Campanharo. Ele chutou no fundo das redes. Na comemoração, pegou um microfone em alusão a Rafael Henzel. O meia por muito pouco não fez o terceiro no fim, em um chute que passou por cima de Bruno Grassi.

No segundo tempo, o Criciúma cresceu e diminuiu aos 20 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola parou em Vinícius. O atacante jogou para a área e Sandro mergulhou para fazer o primeiro do time carvoeiro. O empate saiu aos 23 minutos. Caíque cruzou para Bruno Consendey desviar, de cabeça, para o gol.

Após o baque, a Chapecoense conseguiu encontrar forças para buscar a vitória aos 44 minutos. Eduardo cruzou, Everaldo cabeceou e Bruno Grassi salvou. Na sobra, Loucency deu um carrinho para dar o triunfo ao time alviverde.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas