O Paysandu venceu a quinta seguida e vai dormir no G4, a zona de acesso, da Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, em duelo direto, o time paraense derrotou o ABC por 2 a 0, no estádio Frasqueirão, em Natal, pela sequência da sétima rodada.

Com está série de vitórias, o Paysandu chegou aos 15 pontos e assumiu o terceiro lugar. Neste sábado, a equipe pode sair da zona de classificação caso ocorram vitórias de Macaé e Vitória. O ABC segue o inferno astral de jogar dentro de casa. Em oitavo com 11 pontos, o time potiguar não sabe o que é vencer em seus domínios desde 14 de abril, quando bateu o Baraúnas por 1 a 0, pelo Campeonato Potiguar. Entre Estadual, Série B e Copa do Brasil são seis jogos.

Em partida tão equilibrada, era natural que a bola parada se tornasse indispensável. Logo aos 11 minutos, Ronaldo Mendes mostrou o cartão de visitas dos donos da casa e carimbou o travessão em cobrança de falta. O Paysandu, da mesma forma, também foi perigoso, mas conseguiu abrir o placar aos 18. Yago Pikachu cobrou escanteio fechado, a bola surpreendeu o goleiro Gilvan e morreu no fundo das redes. Um belo gol olímpico.

Correndo atrás do prejuízo, o ABC não conseguiu encontrar espaço para finalizar. Bom para os visitantes, que conseguiram ampliar ainda na primeira etapa. Gualberto se livrou da bola no campo de defesa. Aylon aproveitou cochilou da defesa, dominou livre e tocou para Leandro Cearense apenas empurrar para o fundo das redes, aos 35 minutos.

As dificuldades do ABC em criar chances de perigo se repetiram na segunda etapa. Os potiguares seguiram assustando em cobranças de falta. O Paysandu comandava a partida e chegou a arriscar algumas subidas no ataque. Quando as coisas pareciam que não mudariam, o volante Fahel recebeu segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando os paraenses com um a menos faltando 15 minutos para o final do jogo.

Ai a pressão foi para valer. Kayke exigiu grande defesa de Emerson em finalização à queima-roupa depois de cruzamento. O camisa 1 travou um bom duelo com o artilheiro da Série B. Ele operou um pequeno milagre em chute rasteiro, dentro da pequena área. A atuação do goleiro foi suficiente para segurar o resultado e confirmar o bom momento dos paraenses.

Pela oitava rodada, o Paysandu volta a campo contra o Náutico, nesta terça-feira, às 19h30, na Arena Pernambuco, no Recife. No sábado, dia 20, o ABC encara o Vitória, no estádio Barradão, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

ABC 0 x 2 PAYSANDU

ABC – Gilvan; Reginaldo, Sueliton, Leandro Amaro e Maurício (Lima); Fábio Bahia, Dedé, Erivélton (Edno) e Ronaldo Mendes (Bismarck); Fabinho Alves e Kayke. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

PAYSANDU – Emerson; Yago Pikachu, Thiago Martins, Gualberto e João Lucas; Ricardo Capanema (Augusto Recife), Fahel, Jhonnatan e Carlos Alberto (Edinho); Aylon e Leandro Cearense (Luis Felipe). Técnico: Dado Cavalcanti.

GOLS – Yago Pikachu, aos 18, e Leandro Cearense, aos 35 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Leandro Amaro e Dedé (ABC); Ricardo Capanema e Carlos Alberto (Paysandu).

CARTÃO VERMELHO – Fahel (Paysandu).

ÁRBITRO – Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE).

RENDA – R$ 45.480,00.

PÚBLICO – 4.038 pagantes.

LOCAL – Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).