A euforia depois da conquista do título da Taça Rio, no último domingo, durou pouco para o técnico Oswaldo de Oliveira. E já deu lugar à preocupação. Nesta quarta-feira, o Botafogo terá desfalques importantes para o jogo contra o Vitória, às 21h50, no Estádio Barradão, em Salvador, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. São cinco titulares do time carioca contundidos.

Após a vitória sobre o Vasco por 3 a 1, no último domingo, Oswaldo de Oliveira já sabia que não poderia contar com Renato e Andrezinho. Na terça-feira, o Botafogo informou as ausências também de Fellype Gabriel, Jefferson e Loco Abreu – este último foi autor de cinco gols nos últimos dois jogos -, além do reserva Jobson. Nenhum deles sequer viajou para a Bahia.

Em lugar dos contundidos, Oswaldo de Oliveira deve escalar o goleiro Renan, o volante Jadson, o meia Felipe Menezes e o atacante Herrera como titulares. “Vamos ver se eles (os lesionados) vão poder enfrentar o Fluminense (no domingo, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Carioca)”, disse Oswaldo de Oliveira, dividindo as atenções entre duas decisões.

Enquanto o Botafogo sofre com os desfalques, o Vitória continua sem treinador. Paulo Cesar Carpegiani havia entrado em acordo com a diretoria do clube, mas voltou atrás alegando problemas particulares e desistiu do cargo. Com isso, Ricardo Silva segue como interino e comanda o time baiano na luta pela vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.