enkontra.com
Fechar busca

De Letra

esportes

Com Alexander Zverev, Alemanha faz 5 a 0 e avança à fase final da Copa Davis

  • Por Estadão Conteúdo

Além de Brasil e Bélgica, que duelaram em Uberlândia (MG), a fase de classificação da Copa Davis, em seu novo formato, teve mais 11 confrontos por todo o planeta neste final de semana. Depois de dois jogos de simples na sexta-feira, o sábado reservou a partida de duplas e mais duas de simples para a definição dos classificados à fase final, que equivale à elite do tênis mundial. Esta etapa será toda disputada em apenas uma semana, em novembro, na cidade de Madri, na Espanha. Até a temporada passada, o então Grupo Mundial era realizado ao longo do ano, em diversas sedes.

Maior estrela do circuito profissional a entrar em quadra, o alemão Alexander Zverev liderou a Alemanha no triunfo por 5 a 0 sobre a Hungria. O número 3 do mundo complementou seu final de semana perfeito derrotando Gabor Borsos em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4. Na outra partida de simples do dia, o alemão Philipp Kohlschreiber teve mais dificuldade, saiu perdendo de David Szintai, mas virou e fechou com 6/7 (5/7), 6/3 e 10 a 5 no match tie-break.

Um pouco mais cedo, a dupla da casa formada por Tim Puetz e Jan-Lennard Struff tratou de fechar a série ao bater os húngaros Gabor Borsos e Peter Nagy com o placar de 6/2 e 6/3. O resultado garantiu a Alemanha na fase final da Davis e as partidas de simples na sequência serviram apenas para cumprir tabela.

Na Suíça, um garoto de 15 anos fez a festa da torcida local na partida de duplas contra a Rússia. Jerome Kym fez a sua estreia na Copa Davis e ao lado de Henri Laaksonen levou a melhor sobre os russos Evgeny Donskoy e Andrey Rublev de virada – com parciais de 4/6, 6/3 e 7/6 (7/1). Só que os visitantes já venciam por 2 a 1 e fizeram o terceiro ponto com a vitória de Karen Kachanov sobre Laaksonen por 6/7 (2/7), 7/6 (8/6) e 6/4.

Mesmo sem Novak Djokovic, o número 1 do mundo, a Sérvia sofreu para passar pelo Usbequistão por 3 a 2, em Tashkent. Após duas vitórias em simples na sexta-feira, os visitantes por pouco não deixaram escapar a série. Abrindo o dia, a dupla da casa formada por Sanjar Fayziev e Denis Istomin levou a melhor sobre Nikola Milojevic e Viktor Troicki, de virada, por 2 sets a 1 – parciais de 2/6, 6/1 e 6/3.

Mesmo sem muito tempo para descansar, Istomin voltou à quadra logo depois para encarar Dusan Lajovic e aproveitou o embalo para anotar o segundo ponto usbeque, vencendo com o placar final de 6/3 e 6/4. Com isso, a decisão foi para a quinta partida entre Filip Krajinov e Sanjar Fayziev. O sérvio se deu melhor e ganhou de virada por 2 sets a 1 – parciais de 4/6, 6/3 e 6/0.

OUTROS DUELOS – Mais oito países se classificaram neste sábado e se juntaram aos quatro semifinalistas do ano passado (Espanha, França, Croácia e Estados Unidos) e dois convidados (Grã-Bretanha e Argentina) para a fase final em Madri – o sorteio dos confrontos será no próximo dia 14.

Dois confrontos terminaram com o placar de 4 a 0 para os mandantes. Foram os casos da Austrália contra a Bósnia-Herzegovina, em Adelaide, e da Colômbia sobre a Suécia, em Bogotá. Por 3 a 2, Japão, Chile e Canadá passaram fora de casa contra China, Áustria e Eslováquia, respectivamente.

Com um pouco mais de tranquilidade, Casaquistão, Itália e Holanda ganharam os seus confrontos por 3 a 1 contra Portugal, Índia e República Checa, respectivamente, sendo que italianos e holandeses venceram como visitantes.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas