Atual vice-campeão europeu, o Tottenham foi surpreendentemente humilhado pelo Bayern de Munique ao ser massacrado por 7 a 2, nesta terça-feira, em Londres, em confronto válido pela segunda rodada do Grupo B da Liga dos Campeões. O meia alemão Serge Gnabry, com quatro gols marcados no segundo tempo do duelo, e o atacante polonês Robert Lewandowski, que balançou as redes por outras duas vezes, foram os principais destaques da partida.

A equipe inglesa já havia aberto a sua campanha com um empate por 2 a 2 com o Olympiacos, em Atenas, na Grécia, e agora terminou esta jornada da chave na lanterna, com um ponto, por causa da humilhante goleada sofrida diante dos seus torcedores na capital inglesa.

Já o time alemão, que na estreia superou o Estrela Vermelha, da Sérvia, por 3 a 0, em Munique, se manteve na liderança isolada, agora com seis pontos. A equipe de Belgrado, que soube aproveitar o fator campo para bater o Olympiacos por 3 a 1 no outro duelo do dia por este Grupo B, assumiu a segunda posição, com três pontos. O clube grego, pelo melhor saldo de gols em relação ao Tottenham, é o terceiro colocado, também com um ponto somado em duas partidas.

No duelo desta terça-feira, o Tottenham chegou a abrir o placar com um gol do sul-coreano Heung-Min Son, aos 12 minutos do primeiro tempo. Porém, o Bayern empatou logo em seguida, aos 15, com Joshua Kimmich balançando as redes para os visitantes. E ainda na etapa inicial, Lewandowski virou o placar para os visitantes aos 45.

No segundo período do jogo, as coisas desandaram de vez para o Tottenham já nos dez primeiros minutos, com Gnabry, ex-jogador do Arsenal, fazendo mais dois gols para o Bayern, aos 8 e aos 10.

O Tottenham deu sinais de que poderia buscar uma reação ao descontar o placar para 4 a 2 após Harry Kane converter uma penalidade aos 16 minutos. Porém, o princípio de reação se transformou em humilhação para os donos da casa na reta final da partida, quando o time alemão fez mais três gols em um intervalo de apenas cinco minutos. Gnabry ampliou para 5 a 2 aos 38, Lewandowski marcou o sexto dos visitantes aos 42 e, atônita em campo com o atropelamento que estava sofrendo, a equipe inglesa levou o sétimo já aos 43, de novo com Gnabry superando o goleiro francês Hugo Lloris.

O brasileiro Lucas Moura, que só foi colocado em campo pelo técnico Mauricio Pochettino aos 26 minutos do segundo tempo, substituindo o meia Dele Alli, teve pouco tempo para mostrar serviço e ajudar a sua equipe a reagir. E acabou amargando o vexame junto com os seus companheiros no fim do confronto.

O resultado historicamente ruim e humilhante para o Tottenham foi acompanhado por um público de 60.127 torcedores na casa do clube inglês, que terá a chance de se redimir em novo compromisso em Londres no seu próximo jogo pela Liga dos Campeões. No dia 22 de outubro, receberá o Estrela Vermelha. Na mesma data, o Bayern atuará na Grécia contra o Olympiacos.